Os quatro milhões de euros orçamentados pelos grupos de cidadãos para as eleições autárquicas de 01 de outubro juntam-se assim aos quase 35 milhões de euros estimados pelos partidos, custando a campanha eleitoral cerca de 39 milhões de euros.

De acordo com os orçamentos entregues pelos grupos de cidadãos, hoje disponibilizados na página da Internet da Entidade das Contas e Financiamentos Políticos, o movimento “Isaltino Inovar – Oeiras de Volta” estima gastar cerca de 283 mil euros, enquanto “Rui Moreira: Porto o Nosso Partido 2017″ prevê despesas de 281 mil euros.

Dos 308 concelhos, apenas 69 contam com candidaturas de grupos de cidadãos, segundo a análise feita pela agência Lusa à informação disponibilizada.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.