A proposta de Orçamento dos Açores para o próximo ano é de 1.292 milhões de euros, valor sensivelmente igual ao do corrente ano, enquanto o Plano de Investimentos global é de 753 milhões de euros, um decréscimo de cerca de 3% face ao de 2017.

Em setembro, após apresentar as antepropostas dos documentos orçamentais aos membros do Conselho Regional de Concertação Estratégica, o presidente do Governo dos Açores, o socialista Vasco Cordeiro, considerou que o plano “dá resposta” ao “novo ciclo” da economia regional e “pretende continuar na construção dos alicerces para que esse novo ciclo tenha sustentabilidade”.

Até domingo, nenhum partido da oposição tinha anunciado o seu sentido de voto, mas vários deram conta de que faziam depender aquele da aprovação ou não das propostas de alteração que apresentaram.

O plenário, que habitualmente começa às terças-feiras, foi antecipado devido ao feriado de sexta-feira.

O debate arranca às 10:00 locais (mais uma hora em Lisboa), estando a votação na especialidade prevista para quinta-feira.

O PS tem 30 dos 57 deputados na Assembleia Legislativa Regional. O PSD é o segundo maior partido, com 19 parlamentares, seguindo-se o CDS-PP (quatro), o BE (dois), o PCP (um) e o PPM (um).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.