“Em 2020, foram licenciados 23.068 edifícios e 33.065 fogos em Portugal, respetivamente -4,3% e -4,1% que em 2019 (+5,5% e +15,0%, em 2019 face a 2018, pela mesma ordem)”, revelaram os dados do INE.

A autoridade estatística estima que, em 2020, tenham sido concluídos 14.580 edifícios e 19.900 fogos, representando crescimentos de 3,8% e 18,8%, respetivamente (+3,8% e +24,4%, em 2019).

Já as transações de habitações diminuíram 5,3% em número, pela primeira vez desde 2012, mas aumentaram 2,4% em valor.

“O setor da construção revelou alguma resiliência, registando valores médios de licenciamentos muito próximos da média dos 12 meses anteriores à pandemia, e estimando-se mesmo um aumento dos edifícios concluídos. Também o valor das transações de habitações continuou a aumentar embora a uma taxa mais reduzida e os preços mantiveram uma tendência positive”, apontou o INE.

O emprego no setor da Construção aumentou 3,8% entre março de 2020 e fevereiro de 2021, e a remuneração bruta total cresceu 5,7% (+7,7% e +10,9%, no mesmo período pré-pandemia).

Já a remuneração bruta média mensal por trabalhador foi de 969 euros, correspondendo a um aumento face ao período pré-pandémico (952 euros).

No ano passado, o preço mediano de alojamentos familiares em Portugal foi 1.188 euros por metro quadrado (euros/m2).

O preço mediano da habitação manteve-se acima do valor nacional nas regiões do Algarve (1.771 euros/m2), na Área Metropolitana de Lisboa (1.630 euros/m2), na Madeira (1.322 euros/m2) e na Área Metropolitana do Porto (1.240 euros/m2).

Por sua vez, a renda mediana dos 79.878 novos contratos de arrendamento de alojamentos familiares em Portugal atingiu 5,61 euros/m2, o que representa um aumento de 5,5%, face ao período homólogo.

Verificou-se, ainda, um aumento de 9,7% no número de novos contratos celebrados, em comparação com o ano anterior.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.