Às 14:50 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones ganhava 1,20% para 25.352,32 pontos e o Nasdaq somava 1,94% para 7.471,35 pontos.

O índice alargado S&P 500 avançava 1,46% e estava em 2.768,26 pontos.

Na quinta-feira, a bolsa nova-iorquina voltou a fechar em baixa acentuada, no final de uma sessão agitada e volátil, com as críticas do Presidente norte-americano, Donald Trump, à política monetária da Reserva Federal (Fed) (banco central) a intensificarem as inquietações com a subida das taxas de juro. O índice Dow Jones caiu 2,13%, o Nasdaq recuou 1,25% e o S&P 500 cedeu 2,06%.

Na sessão anterior, Wall Street já tinha encerrado com fortes perdas, na sua pior sessão em oito meses. Os três índices de referência perderam mais de 3%.

Os investidores estão também atentos à apresentação de resultados empresariais relativos ao terceiro trimestre que começa hoje com os grandes bancos JPMorgan Chase, Citigroup e Wells Fargo.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.