Exame Nacional Final de Literatura Portuguesa

Prova 734 | 1ª Fase | Ensino Secundário | Ano 1652

Duração da prova: 120 minutos | Tolerância: 30 minutos

  1. Percebe a tourada?
  2. Se respondeu não à pergunta 1, pare de escrever, espete a caneta no dorso e dê por terminada a prova.
  3. Qual a importância da temática da infância em Pessoa ortónimo?
  4. Tem a certeza que entende a sacralidade da corrida, seu animalista?
  5. Se teve dúvidas em relação à pergunta 4, pense no que o Hemingway pensaria de si se soubesse que considera as touradas abjetas. Elenque 30 insultos que o escritor norte-americano lhe dirigiria.
  6. Justifique porque é que não votou em mim em 2006 quando os adversários eram um octogenário que já tinha sido presidente duas vezes e o Cavaco. (150 palavras)
  7. Na obra, “O Cavaleiro da Dinamarca”, de Sophia de Mello Breyner, tinha ou não tinha muito mais piada se o dito cavaleiro gostasse de espetar ferros no lombo de bovinos? Responda sim ou saia da sala.
  8. Na frase “Ó toiro, ó toiro lindo”, do humorista Aldo Lima, interprete o significado da palavra lindo e como contribui para a relação cordial entre o toureiro e o touro. Explore o conceito de amizade entre agressor e agredido.
  9. Qual destes poetas o pior? Justifique.

a) Afonso Noite-Luar
b) Piruka
c) Eu

    10. De acordo com uma exegese contida na História da Literatura Portuguesa, de A. J. Saraiva e Óscar Lopes, a ideia de Fernão Mendes Pinto como herói picaresco estabelece um paralel… ‘tou a gozar, PERCEBES A TOURADA OU NÃO, MEU BADAMECO? Disserte em 200 palavras porque é que a tourada faz todo o sentido em 2018. (Utilize argumentos contemporâneos do Fernão).

Recomendações

A série Bodyguard, da Netflix.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.