Vai-me faltando a paciência para estes extremistas radicais que não compreendem que sempre houve alterações climáticas, porque a natureza é mesmo assim, e porque os homens são há séculos opressores de mulheres porque a sua natureza também é assim. Nada disto tem mal. O que vocês precisam é de se sentar a comer um pão-de-Deus de uma qualquer padaria nacional para relaxar.

O aquecimento global é meramente uma fantasia do marxismo cultural (a expressão que ninguém sabe o significa mas que adoramos usar para qualificar tudo o que é gentalha que defende coisas como a igualdade de género, o direito à liberdade sexual ou até a globalização como forma de mistura de culturas e aprendizagens – que nojo!) para alarmar as populações e as poder controlar facilmente através do medo, não incentivando ao consumo e ao capitalismo cavalar que tanta falta faz ao mundo. O aquecimento global, a escassez de água potável ou a poluição, terrestre e atmosférica, alarmante não passam a ser verdade só porque foram validados cientificamente por quase todos os cientistas do mundo - como felizmente sabem, e defendem, proeminentes e brilhantes intelectuais como o Trump e a Maria Vieira.

Agora, claro que não quero ser arrogante ao ponto de negar a hipótese de estar enganado, já basta negar as alterações climáticas em si. É possível que seja eu, e mais uns quantos, quem está enganado, e os cientistas certos. Mas até me provarem que é mesmo, mesmo, preciso não poluir tanto, reciclar, reutilizar, consumir menos carne e carro, comprar menos roupa e todas essas barbaridades, vou continuar a fazê-lo. Aliás, a única razão para se desligar luzes e fornos quando os estabelecimentos comerciais estão fechados é a conta da luz, não a conta do planeta.

Achar que o desenvolvimento industrial da humanidade está a destruir o planeta é absurdo. Até porque, mesmo que esteja, para que é que Deus nos pôs cá? É para usar e estragar à vontade. Só não vê quem não quer. Se for falta de óculos, podem sempre ir à Multiopticas porque estão com uma campanha óptima de desconto igual aos graus que a temperatura da Terra está a subir por culpa dos seres humanos (ou seja, zero! Eheh).

Sugestões mais ou menos culturais que, no caso de não valerem a pena, vos permitem vir insultar-me e cobrar-me uma jola:

- "Lugar Estranho": Obrigado a todos os que estiveram em Palmela, Lisboa e Coimbra. Foi incrível! Agora segue-se Aveiro (16), Braga (28), Porto (1) e Viseu (22).

- "True Detective": A primeira temporada foi das melhores coisas que já vi. A segunda é péssima e a terceira está a ser muito boa outra vez.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.