Ora, por manifesta falha minha, tenho andado com pouca atenção aos iogurtes. A criatividade no iogurte atingiu o apogeu este século. Estamos na fase cubista dos lacticínios. Esta semana descobri, para minha alegria, espanto e nojo, o chamado Iogurte de Caipirinha. Parece nome de filme porno, passado no Rio de Janeiro, mas não é. É um iogurte com sabor a caipirinha. São óptimos para os alcoólicos invisuais.

Quem é que se lembrou de juntar caipirinha ao iogurte? Pergunto não apenas por curiosidade, mas porque gostava de lhe enviar uma invenção minha que é o iogurte com pedaços de doenças tropicais.

Vamos lá chegar aqui a um acordo. Iogurte com caipirinha só serve para facilitar a vida do Alberto João Jardim no supermercado: “ora, depois de um iogurte com sabor a caipirinha, vou levar para o mais novo leite com sabor a Amarguinha e vou levar para o miúdo estes cereais com frutos secos e Eristoff".

Nos supermercados existem uns quinhentos iogurtes de sabores diferentes, com os quais fazem combinações que tendem para infinito. Grande parte do mercado foi invadido pelos chamados desentupidores lácteos. Por exemplo, iogurte de maracujá, bifidus com pedaços de ameixa — isto é mesmo empurrar para baixo. Só de ler o nome começam a ouvir-se ruídos cá em baixo. Isto não é um iogurte: isto é gel de banho para intestinos.

E depois vêm os iogurtes Tir. Como por exemplo, Iogurte Líquido de Cheesecake e Morango. Que é óptimo para gordos, porque cheesecake, só, não chegava. Precisava de morangos por cima. E como é líquido vai logo para os sítios onde estas coisas se acumulam. Se houvesse cozido à portuguesa líquido, era vê-los com garrafas de litro e meio. E não vos faz confusão que aquilo tenha sabor a cheesecake e não haja vestígios de cheesecake? Se eles tivessem molhado o cheesecake no iogurte pelo menos havia migalhas. Portanto, o que eles fizeram foi mergulhar no iogurte as mãos de alguém que esteve a mexer em cheesecake... Não notaram um saborzinho a psoríase no último? Era isso.

Temos também os já mais que famosos Iogurtes de Nada. Como o Iogurte de Yofu e Soja… e Pedaços de Miséria, só para encher um bocadinho. São iogurtes para pessoas que comem só um iogurte por dia e ficam-se por ali, porque depois vão respirar e podem engordar. O ideal para estas pessoa era o Iogurte de Mimo, que é feito com gestos a fingir que comemos.

Mas o que me fez mais comichão é uma nova gama de iogurtes como o Iogurte Líquido de Morango, Chocobits e Jindungo Spicy. Isto é o kuduro a chegar ao iogurte. Receio que em breve comece a haver iogurtes quitados. Iogurte DJ Spice.

Não vão por aí. Não queiram ver a Ana Malhoa numa embalagem de iogurte. Quer dizer...

Sugestões do autor

Desta vez não tenho nenhuma. Façam o que vos apetecer.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.