Já lá vão três edições.

Sim, já perdemos conferências porque estávamos pavilhão cinco e tínhamos algo para ver no Palco Central na Altice Arena. Depois de ziguezaguear entre pessoas, robôs e stands chegámos atrasados a uma conversa que só vai durar 25 minutos. Já foi: perdemos o arranque, estamos sem contexto e, com sorte, ainda nem sequer conseguimos recuperar o fôlego e já percebemos que não há um único lugar livre para a pulsação regressar ao normal e o cérebro se poder concentrar no que está a ser dito.

Sim, já tentámos decorar horários e palcos sem usar a aplicação da Web Summit e percebemos tarde demais que estávamos no pavilhão errado ou que tínhamos planeado estar em dois sítios ao mesmo tempo — talvez um dia a tecnologia o permita, hoje ainda é difícil.

Sim, já levámos casacos grandes e quentes demais, calçado pouco confortável, andámos para trás a para a frente em busca do local para fazer o registo e receber a pulseira e a credencial…

E porque não queremos que tenha de passar pelo mesmo preparámos um guia rápido para uma Web Summit sem complicações, com horários, mapas e dicas.

Mas se não é uma estreia — ou se já passou os olhos pelo nosso guia — e já “conhece os cantos à casa”, a pergunta que se impõe é: o que ver, o que fazer, quem ouvir?

Certo é que terá de fazer escolhas — seja por tema, por palco ou por orador. O mais fácil é fazê-lo através da aplicação da Web Summit, onde pode até criar a sua própria agenda de conferências e eventos —, mas está tudo disponível para consulta também no site oficial. Estas são as escolhas da redação do SAPO24 nesta quarta edição do certame.

Pesos-pesados

Se é importante vai passar pelo Palco Central da Web Summit. É uma receita aparentemente simples, mas ainda assim há um número considerável de convidados a pisar a Altice Arena. E, por outro lado, se se ficar por aqui vai perder discussões que valem muito a pena nos restantes palcos e passar ao lado do ambiente "techy" do certame.

Para arranque de conversa o destaque segue imediatamente para Edward Snowden, que lançou recentemente o livro "Vigilância Massiva, Registo Permanente" e que vai participar via videoconferência a partir da Rússia, onde está neste momento a viver. Que dizer de Snowden? Parece que já tudo foi dito, mas ele garante que não. O ex-administrador de sistemas da CIA e ex-funcionário da NSA revelou, em 2013, a existência de um sistema de vigilância mundial de comunicações e de Internet, tendo sido acusado pelos Estados Unidos de espionagem e apropriação de segredos do Estado. Está exilado desde então. Agora, promete contar nesta obra não só como ajudou a construir este sistema, como também aquilo que o motivou a deitá-lo abaixo. Quer "esclarecer as coisas". A conversa com Snowden acontece no dia 4 de novembro pelas 18h35 no Palco Central.

Seguimos para Jaden Smith (sim, o filho de Will Smith) que, no mesmo dia, pelas 19h29, vai integrar o painel "Salvar o planeta, uma gota de cada vez". O que é que ator e músico tem a ver com o ambiente? A resposta está na Just Water, da qual é co-fundador. Enquanto ativista, Jaden tem como objetivo reduzir ao máximo a utilização de plástico e a sua primeira iniciativa procura revolucionar a indústria da água engarrafada. Este vídeo (em inglês) ajuda a explicar.

1, 2, 3, à terceira é de vez? Nem por isso, pelo menos no ao que ao Brexit diz respeito. Em resumo, a União Europeia já negociou dois acordos com o Reino Unido para a saída, mas o parlamento britânico tem mostrado resistências várias, o que obrigou a um adiamento da data do "divórcio" para 31 de janeiro de 2020 (se já se perdeu neste 31, vale a pena ver este artigo). E porque é que estamos a falar do Brexit? Porque Michel Barnier, negociador-chefe do Brexit em representação da União Europeia vai falar esta terça-feira, 5 de novembro, sobre a Europa depois do Brexit. É às 11h30 — e a presença do orador, avisa a organização, depende do estado das negociações. A ver...

Brittany Kaiser créditos: LEON NEAL / AFP

E como não podia deixar de ser, enorme curiosidade para ouvir Brittany Kaiser. Nunca ouviu falar deste nome? Recorda-se do escândalo Cambridge Analytica, a empresa que usava dados pessoais de utilizadores de plataformas online — como o Facebook — para influenciar o seu comportamento em atos eleitorais? O escândalo que levou o Facebook a pagar uma multa de cinco mil milhões de dólares por incapacidade de garantir a segurança dos dados pessoais dos seus utilizadores. Brittany Kaiser foi uma das pessoas que trabalhava na Cambridge Analytica e que denunciou a empresa pela forma indevida como usava tecnologia para manipular cidadãos. Ela é personagem central do documentário da Netflix "Nada é privado — o escândalo da Cambridge Analytica". Brittany Kaiser dedica-se atualmente à "Own Your Data Foundation", que promove a literacia digital e defende direitos sobre dados pessoais online. Durante a Web Summit vai dar quatro conferências: a primeira, no Palco Central, dia 5 de novembro, pelas 12h15, para falar sobre as próximas presidenciais norte-americanas e a possibilidade de Trump ver o seu mandato renovado; a segunda no dia 6 de novembro, pelas 10h10, no palco Future Societies, sobre a privacidade dos dados que colocamos online; a terceira também no dia 6, pelas 15h15, no palco DeepTech, para falar sobre como os dados podem ser armas; e a última é também na quarta-feira, pelas 16h15, no palco ContentMakers, para falar sobre a forma como os algoritmos e a inteligência artificial influenciam a forma como consumidos as notícias. Preparado para a maratona?

Seguem-se duas estrelas do futebol que escusam apresentações: RonaldinhoEric Cantona. O primeiro volta à Web Summit enquanto embaixador do TEQBALL, um desporto que mistura futebol com ténis de mesa e que é disputado numa mesa curva — como se tivesse uma lomba. O jogador brasileiro vai estar no dia 5 de novembro no palco SportsTrade, pelas 13h45, e no Palco Central pelas 15h50. Eric Cantona faz um trajeto semelhante, o embaixador da Common Goal, que desafia a indústria do futebol a doar 1% das suas receitas a boas causas, vai estar no dia 5 de novembro no palco SportsTrade, pelas 15h15, e no Palco Central, pelas 16h25.

Quando faz uma pesquisa na Internet é comum ir parar a uma página da Wikipédia — a enciclopédia livre para a qual qualquer pessoa pode contribuir? Katherine Maher é a CEO desta plataforma e vem defender uma Internet livre, acessível a todos e justa. Katherine Maher vai estar no Palco Central da Web Summit no dia 5 de novembro pelas 16h40, e no palco Future Societies, no dia seguinte, pelas 15h55.

Brad Smith é presidente da Microsoft e vem falar sobre as promessas e perigos da era digital, com especial enfoque na Inteligência artificial. Dá ainda uma palavrinha sobre um futuro em que possamos confiar nas grandes empresas de tecnologia. Marque na sua agenda: dia 5 de novembro, pelas 15h25, no palco SaaS Monster; dia 6 de novembro, pelas 10h30, no Palco Central, e no mesmo dia, pelas 11h50, no palco Future Societies.

Nikolay Storonsky. O nome talvez não lhe diga nada, mas ele é o CEO do Revolut, um sistema de pagamentos digital que tem tido bastante sucesso. Em abril deste ano as Finanças foram mesmo obrigadas a esclarecer os portugueses sobre se era preciso declarar pagamentos por Revolut no IRS. A forma como as plataformas tecnológicas estão a desmaterializar o dinheiro e a forçar a mudança no universo bancário é um dos temas fortes deste ano no certame. Nikolay vai estar no último dia da Web Summit, 7 de novembro, primeiro no Palco Central, pelas 12h10, e depois no palco MoneyConf, pelas 15h55.

Kumi Naidoo é secretário-geral da Amnistia Internacional e marca presença também no dia 7 de novembro. Pelas 13h20, no palco Future Societies, vai falar sobre algumas das grandes batalhas no nosso tempo: a desigualdade, as alterações climáticas e a polarização política. Mais tarde, pelas 14h25, no Palco Central, debruça-se sobre a regulação das grandes empresas tecnológicas e sobre a possibilidade de serem separadas em várias empresas, pelo bem da sociedade. Foram muitas as vozes que recentemente defenderam o abandono, o fim ou a divisão do Facebook, como por exemplo Steve Wozniak, cofundador da Apple, Brian Acton, cofundador do WhatsApp, e Chris Hughes, cofundador do Facebook.

Não é uma estreia, mas vale sempre a pena ouvir o que Margrethe Vestager tem para dizer. A comissária europeia é conhecida por ter enfrentado as grandes tecnológicas, como a Apple, a Amazon e a Google, e vai estar no Palco Central no dia 7 de novembro, pelas 16h30. Não há grandes detalhes sobre esta conversa, apenas se sabe que este confronto tecnológico "está apenas a começar".

Não viajou de longe para estar na Web Summit, mas cabe-lhe fazer as honras da despedida. Marcelo Rebelo de Sousa diz "até para o ano" no último dia da feira de tecnologia, pelas às 16h55, no Palco Central.

Os grandes temas

"Eu só quero tudo". Nós percebemos, mas não é possível. Apenas uma nota antes de lhe darmos a conhecer aos temas que vamos acompanhar de perto nesta edição: fala-se sobre o mesmo assunto em diferentes dias e diferentes palcos, por isso, quando fizer a sua seleção, tenha isso em consideração. Seguem as nossas escolhas, comentadas, e o mapa de conferências que lhe estão associadas.

créditos: Pedro Marques | MadreMedia

5G, a tecnologia que vai revolucionar a forma como vivemos (casas inteligentes), como nos movemos (carros autónomos) e até como somos operados (cirurgias à distância). O futuro está aí à porta, como tantas vezes se diz e nós queremos garantir que não somos apanhados desprevenidos.

  • 5G+X: Criar uma nova era? 4 de nov, Palco Central, 19h13 - 19h29 (16min)
  • Estão preparados para o 5G? 5 de nov, Palco Central, 10h00 - 10h25 (25min)
  • A tua casa em 2025. 5 de nov, Palco Central, 12h35 - 13h00 (25min)

Brexit, ou não fosse esta uma mudança radical na geopolítica europeia e mundial. Europeus e britânicos não estão certos sobre aquilo que será o impacto do divórcio para a Ilha e para a União Europeia.

  • O Reino Unido está melhor fora da Europa. 5 nov, Future Societies, 10h45 - 11h10 (25min)
  • A Europa depois do Brexit. 5 nov, Palco Central, 11h25 - 11h50 (25min)
  • Fronteiras, Brexit e o futuro financeiro. 7 nov, MoneyConf, 15h35 - 15h55 (20min)

Trump. Polémico, imprevisível, em vias de enfrentar um processo de destituição e líder do mundo livre. Não faltam razões para falar sobre o Presidente dos EUA e sobre a possibilidade de voltar a vencer eleições em 2020.

  • Falta um ano: vai Trump ser reeleito? 5 nov, Palco Central, 12h15 - 12h35 (20min)
  • Donald Trump foi um presidente de sucesso. 5 nov, Future Societies, 15h15 - 15h40 (25min)

Media. Um tema que naturalmente nos é querido. Há várias conferências sobre jornalismo e media na Web Summit, mas tivemos de fazer escolhas.

  • Como conquistar fãs e influenciar pessoas. 5 nov, Palco Central, 14h25 - 14h50 (25min)
  • Jornalismo político na era da pós-verdade. 6 nov, Future Societies, 12h10 - 12h30 (20min)
  • Não matem o mensageiro. 6 nov, ContentMakers, 16h15 - 16h35 (20min)
  • (Não podíamos passar ao lado do fenómeno) Baby shark: Criar um monstro multibilionário. 6 nov, ContentMakers, 15h15 - 15h35 (20min)
  • The New York Times: marcas e a capacidade de contar histórias. 6 nov, ContentMakers,  12h50 - 13h10(20min)
  • O negócio dos GIFs. 6 nov, ContentMakers, 14h35 - 14h55 (20min)
  • O poder da influência. 7 nov, ContentMakers, 12h35 - 13h00 (25min)
  • Conteúdo com marca: como fazê-lo bem. 7 nov, ContentMakers, 14h40 - 15h00 (20min)

Robôs. Vão dominar o mundo? Provavelmente não, mas vêm mudar muito as coisas.

  • Devem os robôs ter direitos? 6 nov, DeepTech, 12h10 - 12h35 (25min)
  • Robôsexual: o futuro das relações entre humanos e robôs. 6 nov, DeepTech, 12h55 - 13h15(20min)
  • Os robôs estão mortos, longa vida aos robôs. 6 nov, Palco Central, 14h00 - 14h25 (25min)

Ambiente O combate às alterações climáticas não é um tema novo, longe disso, mas a greve à escola protagonizada pela ativista Greta Thunberg e que levou os jovens à rua — incluindo em Portugal — tornou-o incontornável nesta edição da Web Summit. A sueca não vem a Lisboa, mas não vão faltar discussões sobre o tema.

  • Salvar o planeta, uma gota de cada vez. 4 nov, Palco Central, 19h29 - 19h50 (21min)
  • Estamos perante uma guerra por água? 5 nov, planet:tech, 11h35 - 12h00 (25min)
  • Porque é que o oceano não está condenado. 5 nov, planet:tech, 14h50 - 15h10 (20min)
  • Podem as marcas salvar o planeta? 5 nov, PandaConf, 15h20 - 15h45 (25min)
  • O papel da tecnologia na ação climática. 5 nov, planet:tech, 15h55 - 16h10 (15min)
  • É muito tarde para salvar o mundo? 6 nov, Palco Central, 14h45 - 15h10 (25min)

Direitos humanos. Porque não podemos perder de vista o que realmente importa.

  • Proteger os mais vulneráveis: como pode a tecnologia ajudar os refugiados. 5 nov, Future Societies, 11h50 - 12h10 (20min)
  • Mundial de 2022: o preço humano. 5 nov, Future Societies, 13h35 - 13h55 (20min)

Inteligência Artificial (IA). É a próxima fronteira no que diz respeito ao desenvolvimento tecnológico, e os desafios que coloca — das potencialidades ao terror — obrigam a uma discussão profunda sobre a forma como, enquanto sociedade, queremos evoluir.

  • IA e a capacidade de tomar decisões. 5 nov, Auto/Tech & TalkRobot, 5 nov, 12h00 - 12h20 (20min)
  • É a IA assim tão inteligente? 5 nov, Auto/Tech & TalkRobot, 12h40 - 13h00 (20min)
  • A idade da IA: Promessas e desafios. 5 nov, SaaS Monster, 15h25 - 15h45 (20min)
  • Como a IA, a cloud, e a robótica estão a mudar o futuro do trabalho? 6 nov, SaaS Monster, 11h25 - 11h45 (20min)
  • Ouvir, aprender e amar: como a IA cria clientes mais felizes. 6 nov, PandaConf, 15h25 - 15h45(20min)

Fintech. Tempo é dinheiro e o dinheiro faz o mundo girar. Andar com trocos no bolso é cada vez menos prático e até comum. Além do cartão, já se paga com o telemóvel e as esperas em frente ao multibanco parecem estar no fim. A forma como a tecnologia está a mudar o sector bancário e a importância que o dinheiro tem no nosso dia-a-dia são motivos válidos para estar atento ao estado da arte. Sabia que este ano na Web Summit já não vai ser possível pagar com dinheiro físico?

  • As fintech (plataformas digitais de pagamento) preocupam-se com a sua saúde financeira? 7 nov, MoneyConf, 11h40 - 12h00 (20min)
  • O dinheiro está morto, o que é que se segue? 7 nov, Palco Central, 12h10 - 12h30 (20min)
  • Porque é que precisamos de dinheiro? 7 nov, Venture, 15h00 - 15h20 (20min)
  • A democratização da banca. 7 nov, MoneyConf, 12h50 - 13h10(20min)

Dados: a privacidade, os direitos e a confiança. Não há almoços grátis. A utilização da Internet e das inúmeras plataformas e serviços que esta disponibiliza tem um preço. O escândalo Cambridge Analytica veio trazer luz a uma realidade há muito conhecida: os dados que colocamos online são preciosos, são sinónimo de dinheiro e poder. Como é que se faz esse dinheiro e como se usa esse poder é parte do que está agora em discussão.

  • Pode alguma coisa ser privada hoje? 6 nov, Future Societies, 10h10 - 10h30 (20min)
  • A forma certa de denunciar. 6 nov, 11h30 - 11h50 (20min)
  • Reconstruir a confiança nas tecnológicas. 6 nov, Future Societies, 11h50 - 12h10 (20min)
  • O futuro da identidade digital na era da transformação digital. 6 nov, SaaS Monster, 12h05 - 12h25 (20min).
  • Como podem as tecnológicas voltar a conquistar a nossa confiança? 6 nov, PandaConf, 12h30 - 12h50 (20min)
  • Combater a possibilidade de os dados serem utilizados como arma. 6 nov, DeepTech, 15h10 - 15h30 (20min)
  • São os direitos sobre os dados direitos humanos? 7 nov, Future Societies, 13h40 - 14h00 (20min)
  • Desmontar as grandes empresas tecnológicas. 7 nov, Palco Central, 14h25 - 14h45(20min)

Destaque ainda na Web Summit, como não podia deixar de ser, para a Night Summit, o evento de networking por excelência. Na segunda-feira o encontro será junto ao rio no local do evento, na terça-feira acontece na Rua Cor-de-rosa, no Cais do Sodré, e na quarta-feira na Lx Factory.

De resto, guarde espaço e tempo para ser surpreendido. Nos anos anteriores houve instalações de arte criadas por robôs, cafés servidos por astronautas e muito mais. Aqui não há plano possível, é ir e descobrir.

Falando em ir, a Web Summit esgotou esta sexta-feira. Se já tem bilhete então temos encontro marcado por lá. Se não, pode acompanhar toda a cobertura da feira de tecnologia no SAPO24 — pode encontrar todas as notícias no nosso especial Lisboa, a capital da tecnologia.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.