O acordo entre as duas tecnológicas estabelece que serão retirados todos os processos judiciais apresentados pela Nokia em troca, por parte da Apple, de uma quantia não revelada, como compensação por ter utilizado durante anos patentes tecnológicas propriedade da Nokia sem ter os necessários direitos.

Apesar disso, as duas empresas chegaram a um acordo de colaboração comercial, pelo que a Apple poderá usar as tecnologias do fabricante de telecomunicações móveis Nokia.

Além disso, a Nokia fornecerá ao gigante norte-americano certos produtos e serviços para redes de telecomunicações, enquanto a Apple comercializará ‘software’ e equipamentos digitais do grupo finlandês relacionados com a área da saúde.

Em finais do ano passado, a Nokia interpôs processos judiciais contra a Apple em onze países, alegando a violação de 40 das suas patentes relacionadas com tecnologia.

O grupo finlandês é proprietário de uma das maiores carteiras de patentes do setor, depois de ter investido 115.000 milhões de euros em investigação e desenvolvimento nos últimos anos vinte anos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.