A agência EFE cita um comunicado da IBM, no qual a multinacional refere que a Red Hat será agora integrada como uma unidade independente na divisão IBM Hybrid Cloud.

Acrescenta que o seu atual administrador-delegado, Jim Whitehurst, será também integrado na equipa de gestão da IBM, sob supervisão da presidente executiva, Ginni Rometty.

Segundo a mesma fonte, com esta operação a IBM pretende ganhar escala e melhorar a sua posição no segmento de ‘cloud’ (rede global de servidores remotos que operam como um ecossistema único), considerado estratégico e que tem sido um dos principais fatores de crescimento.

A empresa, com sede em Armonk, pretende agora atingir a dimensão dos serviços prestados pela Amazon e pela Microsoft.

O negócio agora concretizado resulta de um processo iniciado em outubro de 2018 quando Ginni Rometty prometeu que a IMB iria tornar-se na fornecedora número um de serviços de ‘cloud’ do mundo.

As duas empresas já tinham uma relação de parceria que durava há cerca de duas décadas.

Esta aquisição é considerada uma das maiores realizadas na indústria de tecnologias nos Estados Unidos, atrás da fusão entre a AOL e a Time Warner, avaliada em 161 mil milhões de dólares.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.