O humorista Trevor Noah, apresentador do "The Daily Show", falou sobre Portugal num segmento do programa e abordou a recente alteração ao Código do Trabalho, em que as novas regras do chamado "direito a desligar", aprovado pelos deputados no início do mês, dão conta que o "empregador tem o dever de se abster de contactar o trabalhador no período de descanso, ressalvadas as situações de força maior".

Começando por salientar que o país "disse chega" à falta de divisão entre vida profissional e vida pessoal criada durante o teletrabalho, o sucessor de Jon Stewart classificou a decisão como sendo "mesmo gangsta", aproveitando para criticar a posição da cultura norte-americana na matéria relativamente a muitos países europeus.

"Uma vitória dos trabalhadores em Portugal e na maioria da Europa é ilegalizar que o chefe nos contacte a partir das cinco da tarde. Entretanto, na América, uma grande vitória laboral é que agora os trabalhadores da Amazon podem escolher em que garrafas, de vidro ou plástico, querem urinar", comparou.

No entanto, já perto do final do seu monólogo, o humorista sul-africano entornou o caldo para muitos internautas lusos ao questionar "o que é que eles produzem lá em Portugal, mesmo? Cães de água?". Ou, utilizando a citação completa, "se os portugueses passarem a trabalhar menos.. isso vai fazer com que o resto do mundo possa vir a ter menos acesso a... o que é que eles produzem lá em Portugal, mesmo?".

Ora, o que não falta à questão colocada por Noah são respostas nas redes sociais, muitas salientando o seu (e seus guionistas) desconhecimento quanto ao que se faz por cá. Uma delas chegou por via de um dos quatro unicórnios — empresa que atinge uma avaliação superior a mil milhões de dólares — de origem portuguesa, a Feedzai, que lembrou: "Sabiam que há tecnologia criada em Portugal que protege 4 dos 5 maiores bancos na América do Norte?".

"Trevor Noah, The Daily Show e Comedy Central [canal televisivo dedicado ao humor que detém os direitos do programa] sabiam que há tecnologia criada em Portugal que protege 4 dos 5 maiores bancos na América do Norte. E não, não desligamos os nossos telemóveis. Não têm nada que agradecer!", pode ler-se no tweet da empresa tecnológica especializada no combate à fraude financeira com recurso a inteligência artificial.

A nova lei laboral em vigor em Portugal indica que os empregadores que contactarem os seus funcionários depois do horário de trabalho estão a entrar em "contraordenação grave" e a violar o "direito a desligar". Saiba mais aqui.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.

Um artigo do parceiro

The Next Big Idea é um site de inovação e empreendedorismo, com a mais completa base de dados de startups e incubadoras do país. Aqui encontra as histórias e os protagonistas que contam como estamos a mudar o presente e a inventar o que vai ser o futuro. Veja todas as histórias em www.thenextbigidea.pt