No domínio do cinema, para a 89.ª edição fala-se, sobretudo, de "La La Land: Melodia de amor", o musical de Damien Chazelle que é um tributo ao cinema de Hollywood e que soma 14 nomeações, e de "Moonlight", drama de Barry Jenkins, com oito nomeações.

"La La Land" está nomeado na maioria das categorias, incluindo melhor filme, realização, argumento original e banda sonora, tem ainda uma dupla nomeação para melhor canção e para a representação, com o par Ryan Gosling e Emma Stone.

O filme soma tantas nomeações como "Titanic" (1997) e "Eva" (1950). Se Damien Chazelle vencer o prémio de melhor realização será, aos 32 anos, o mais novo realizador a ser distinguido nesta categoria.

Na história destes prémios apenas três filmes conquistaram o máximo histórico de 11 estatuetas: "Titanic", "O Senhor dos Anéis: O Regresso do Rei"(2003) e "Ben-Hur" (1959).

"Moonlight" poderá equilibrar as contas dos Óscares, em particular pela prestação do ator Mahershala Ali, como ator secundário, e pelo argumento, a partir de uma história de Tarell Alvin McCraney.

A publicação Hollywood Reporter e os jornais New York Times e Los Angeles Times apostam na vitória de "La La Land" tanto para melhor filme como realização.

Para o Óscar de melhor realização dominam as estreias: Damien Chazelle, Tom Ford ("Animais Noturnos"), Barry Jenkins ("Moonlight") e Kenneth Lonergan ("Manchester by the sea"), com o repetente Mel Gibson ("O herói de Hacksaw Ridge") pelo meio.

Para melhor filme foram nomeados "Primeiro Encontro", "Vedações", "O herói de Hacksaw Ridge", "Hell or High Water - Custe o que custar!", "La La Land", "Lion - A longa estrada para casa", "Manchester by the sea" e "Moonlight".

A disputar o Óscar de melhor ator principal estão Ryan Gosling, Casey Affleck ("Manchester by the sea"), Denzel Washington ("Vedações"), Andrew Garfield ("O herói de Hacksaw Ridge") e Viggo Mortensen ("Capitão Fantástico").

Na categoria de melhor atriz principal estão Isabelle Huppert ("Ela"), Meryl Streep - nomeada pela 20.ª vez com "Florence, uma diva fora de tom" -, Natalie Portman ("Jackie"), Ruth Negga ("Loving") e Emma Stone.

Se Meryl Streep vencer, poderá igualar o recordes de quatro Óscares conquistados por Katherine Hepburn. A atriz poderá ainda aproveitar o discurso de agradecimento para voltar a criticar a administração norte-americana de Donald Trump.

O porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, já fez saber que o presidente dos Estados Unidos não deverá assistir à cerimónia, que será apresentada pela primeira vez pelo humorista Jimmy Kimmel.

Para o Óscar de melhor filme estrangeiro, em língua não inglesa, estão nomeados "Toni Erdmann" (Alemanha), "Under sandet" (Dinamarca), "En man som heter Ove" (Suécia), "Tanna" (Austrália) e "O vendedor" (Irão).

O realizador iraniano Asghar Farhadi, que dirigiu "O vendedor", estará ausente em protesto contra as medidas anti-imigração de Donald Trump. Em representação do cineasta estarão presentes dois cidadãos iraniano-americanos: a engenheira Anousheh Ansari e Firouz Naderi, cientista da NASA.

No início de fevereiro, no habitual almoço com todos os nomeados, a presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, Cheryl Boone Isaacs, apelava à tolerância e à liberdade.

"Apoiamos os artistas de todo o mundo, levantamo-nos contra os que pretendem limitar a nossa liberdade de expressão e por este princípio fundamental: todos os artistas do mundo estão ligados por um laço indestrutível mais forte que as nacionalidades e a política", disse.

Esta edição fica ainda marcada pela diversidade racial, refletida em várias categorias, à frente e atrás das câmaras, há muito exigida por Hollywood.

Denzel Washington e Viola Davis ("Vedações"), Ruth Negga ("Loving"), Mahershala Ali e Naomie Harris ("Moonlight") e Octavia Spencer ("Elementos secretos"), todos nomeados em categorias de representação, espelham essa diversidade racial.

Pela primeira vez, uma mulher afro-americana, Joi McMillon ("Moonlight"), foi nomeada para o Óscar de melhor montagem, e Bradford Young ("Primeiro Encontro") é o segundo diretor de fotografia negro a ser nomeado na história dos prémios.

Nos quase 90 anos de história dos Óscares, nenhum realizador ou realizadora negra venceu a estatueta dourada de melhor realização.

Lista completa dos nomeados para a 89.ª edição dos Óscares:

Melhor filme:

"O Primeiro Encontro"

"Vedações"

"O Herói de Hacksaw Ridge"

"Hell or High Water - Custe o que custar!"

"Elementos Secretos"

"La La Land: Melodia de Amor"

"Lion - a longa estrada para casa"

"Manchester by the Sea"

"Moonlight"

Melhor realização:

"O Primeiro Encontro"

"O Herói de Hacksaw Ridge"

"La La Land: Melodia de Amor"

"Manchester by the Sea"

"Moonlight"

Melhor ator:

Cassey Affleck - "Manchester by the Sea"

Andrew Garfield - "O Herói de Hacksaw Ridge"

Ryan Gosling - "La La Land: Melodia de Amor"

Viggo Mortensen - "Capitão Fantástico"

Denzel Washington - "Vedações"

Melhor ator secundário:

Mahershala Ali - "Moonlight"

Jeff Bridges - "Hell or High Water - Custe o que custar!"

Lucas Hedges - "Manchester by the Sea"

Dev Patel - "Lion - A longa estrada para casa"

Michael Shannon - "Animais Noturnos"

Melhor atriz:

Isabelle Huppert - "Ela"

Ruth Negga - "Loving"

Natalie Portman - "Jackie"

Emma Stone - "La La Land"

Meryl Streep - "Florence, uma diva fora de tom"

Melhor atriz secundária:

Viola Davis - "Vedações"

Naomie Harris - "Moonlight"

Nicole Kidman - "Lion, A longa estrada para casa"

Octavia Spencer - "Elementos Secretos"

Michelle Williams - "Manchester by the sea"

Melhor fotografia:

"O Primeiro Encontro"

"La La Land: Melodia de Amor"

"Lion - a longa estrada para casa"

"Moonlight"

"Silêncio"

Melhor argumento adaptado:

"O Primeiro Encontro"

"Vedações"

"Elementos Secretos"

"Lion - a longa estrada para casa"

"Moonlight"

Melhor argumento original:

"Hell or High Water - Custe o que custar!"

"La La Land: Melodia de Amor"

"A Lagosta"

"Manchester by the Sea"

"Mulheres do Século XX"

Melhor filme estrangeiro:

"Under sandet" - Dinamarca

"En man som heter Ove" - Suécia

"O Vendedor" - Irão

"Tanna" - Austrália

"Toni Erdmann" - Alemanha

Melhor filme de animação:

"Kubo e as duas cordas"

"Vaiana"

"Ma vie de Courgette"

"A tartaruga vermelha"

"Zootrópolis"

Melhor documentário:

"Fogo no Mar"

"I Am Not Your Negro"

"Life, Animated"

"O.J.: Made in America"

"13th"

Melhor documentário em curta-metragem:

"Extremis"

"4.1 Miles"

"Joe’s Violin"

"Watani: My Homeland"

"The White Helmets"

Melhor curta-metragem:

"Ennemis Intérieurs"

"La Femme et le TGV"

"Silent Nights"

"Sing"

"Timecode"

Melhor curta-metragem de animação:

"Blind Vaysha"

"Borrowed Time"

"Pear Cider and Cigarettes"

"Pearl"

"Piper"

Melhor produção artística:

"O Primeiro Encontro"

"Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los"

"Salve, César!"

"La La Land: Melodia de Amor"

"Passageiros"

Melhor montagem:

"O Primeiro Encontro"

"O Herói de Hacksaw Ridge"

"Hell or High Water - Custe o Que Custar"

"La La Land: A Melodia de Amor"

"Moonlight"

Melhor caracterização:

"En man som heter Ove"

"Star Trek: Além do Universo"

"Esquadrão Suicida"

Melhor guarda-roupa:

"Aliados"

"Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los"

"Jackie"

"La La Land: A Melodia de Amor"

"Florence, Uma diva fora de tom"

Melhor banda sonora original:

"Jackie"

"La La Land: Melodia de Amor"

"Lion - a longa estrada para casa"

"Moonlight"

"Passageiros"

Melhor canção:

"Audition (The Fools Who Dream)" - "La La Land: Melodia de Amor"

"City Of Stars" - "La La Land: Melodia de Amor"

"Can’t Stop The Feeling" - "Trolls"

"The Empty Chair" - "Jim: The James Foley Story"

"How Far I’ll Go" - "Vaiana"

Melhor montagem de som:

"O Primeiro Encontro"

"Horizonte Profundo - Desastre no Golfo"

"O Herói de Hacksaw Ridge"

"La La Land: Melodia de Amor"

"Milagre no Rio Hudson"

Melhor mistura de som:

"O Primeiro Encontro"

"O Herói de Hacksaw Ridge"

"La La Land: Melodia de Amor"

"Rogue One: Uma história de Star Wars"

"13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi"

Melhores efeitos visuais:

"Horizonte Profundo - Desastre no Golfo"

"Doutor Estranho"

"O Livro da Selva"

"Kubo e as duas cordas"

"Rogue One: Uma história de Star Wars"

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.