Se tem a convicção de que os gatos não gostam de água, vai pensar duas vezes depois de ver as imagens do gato Thula na piscina e na banheira com Iris. O felino acompanha-a para todo o lado, sempre com um olhar cúmplice e curioso. A menina e o gato são "melhores amigos" e houve entre os dois uma "empatia imediata", conta a mãe de Iris, Arabella Carter-Johnson.

Veja o vídeo.

O autismo severo foi diagnosticado em Iris quando tinha um ano. Desde então, os pais recorreram a várias terapias para tentar que a filha saísse do isolamento - um mundo silencioso e quase sem sorrisos.

Entre o hipismo, que a menina não gostou, e o contacto com um cão, ao qual Iris não reagiu, os pais resolveram adotar um gato da raça Maine Coon. Entretanto, Iris já tinha revelado aos três anos um enorme talento para a pintura. Foi a primeira "janela" de comunicação que a menina abriu com o mundo, diz a mãe. A segunda, foi Thula.

Arabella acredita que a relação com o gato está a ajudar no desenvolvimento das competências sociais de Iris. A história dos dois foi registada pela mãe da menina, que é fotógrafa profissional, e pode ser conhecida através do livro "Iris Grace".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.