Rachel Green, Chandler Bing, Phoebe Buffay, Ross Geller, Monica Geller e Joey Tribbiani. Se não estes nomes não lhe dizem nada, é bem possível que não tenha prestado atenção à produção televisiva norte-americana das últimas décadas, já que se tratam das personagens de "Friends", uma das mais famosas e bem sucedidas séries de sempre, agora com estatuto de culto e direito a uma exposição.

Em formato pop-up, a iniciativa decorre até 6 de outubro no bairro do Soho, em Manhattan, como parte das comemorações que marcam um quarto de século desde que o primeiro episódio foi ao ar no canal NBC, sendo também uma maneira da Warner Bros lucrar com a popularidade aparentemente inesgotável desta sitcom, 15 anos após o último episódio ter sido transmitido em maio de 2004.

O estúdio recriou o cenário num loft enorme onde tudo o que fez parte da série figura, desde os móveis até à decoração. Os visitantes podem sentar-se nas famosas poltronas onde Joey e Chandler se sentavam e gritavam ao ver televisão, observar a mesa de matraquilhos, ou abrir a porta do apartamento de Monica e Rachel do outro lado do corredor.

Ao todo, são mais de 50 adereços, que incluem também várias perucas — incluíndo o famoso penteado "The Rachel", usado pela personagem homónima — e a camisola vermelha que Ross utilizou na oitava temporada.

A exposição, que já está esgotada, é parte de um esforço maior para marcar o aniversário e capitalizar a popularidade da série entre o público mais jovem, que nem havia nascido quando o último episódio foi transmitido, mas que a descobriu através no serviço de streaming Netflix.

Mais de mil cinemas nos Estados Unidos planeiam exibir episódios icónicos até ao fim do ano, enquanto que linhas de brinquedos e móveis de “Friends”, incluindo o sofá laranja, foram lançadas em todo o mundo.

“No caso de ‘Friends’, as pessoas apaixonaram-se totalmente por estes seis amigos”, afirmou Michael Lembeck, que dirigiu 24 episódios da série, referindo-se aos personagens interpretados por Jennifer Aniston, Courtney Cox, Lisa Kudrow, Matthew Perry, Matt LeBlanc e David Schwimmer.

Alguns dos atores secundários da série estiveram presentes na exposição, inaugurada ontem.

“É como um museu. A quantidade de detalhes e de adereços, o esforço que está presente neste evento é impressionante”, contou James Michael Tyler, que interpretou Gunther, o empregado de mesa tímido e apaixonado por Rachel. Tyler admite que está um pouco triste por conta da onda de nostalgia, contando que sente falta dos dias no sets de gravação. “Eu fui muito sortudo. Fui abençoado de ter feito parte dessa série”, acrescentou o ator, de 57 anos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.