A nova série, produzida para a RTP, começou a ser filmada na segunda-feira, em Miranda do Douro, no distrito de Bragança, e vai continuar por várias localidades do Norte e Centro de Portugal, até ao dia 20 de novembro, sendo retomada a 01 de fevereiro para filmagens de Lisboa até ao Sul de Portugal.

Fábio Porchat disse em Amarante, no distrito do Porto, onde hoje esteve a gravar, que a série documental “consiste em revisitar os espaços e locais relatados por José Saramago no livro, descobrindo um novo olhar, o que ainda se mantém e aquilo que se tornou novo”.

“Às vezes, encontrando pessoas que Saramago encontrou na época, e revivendo aqueles momentos delas com o escritor”, disse o ator.

Hoje, naquela cidade, foi apresentada uma edição especial do livro “Viagem a Portugal”.

A cerimónia foi organizada pela Porto Editora e pela Fundação José Saramago.

O momento contou com a presença da viúva do escritor, Pilar del Rio, que foi contextualizando passagens do livro e destacou a “diferente forma de ser e de ver Portugal de José Saramago e a forma como o Fábio está a abordar os mesmos passos do autor português”.

Após a cerimónia, Fábio Porchat  observou, à Lusa, que “agora é que está a conhecer Portugal”.

“Agora vou a fundo no país, desde as aldeias às pequenas cidades e entendendo a alma portuguesa e o espírito das pessoas”.

Nas gravações, sempre com o livro de Saramago na mão, Fábio disse falar com as pessoas no documentário e já encontrou, pelo menos, uma que esteve com o escritor português, há 40 anos.

“Toda a série é uma mistura de muitas coisas e muitos sentimentos”, frisou.

Sentimentos que Pilar del Rio quis destacar ao lembrar que “interessava a Saramago os caminhos nunca recorridos e encontrava pessoas muito pobres, mas que lhe ofereciam o que estavam a comer”.

A viúva do autor português galardoado com o Nobel da Literatura em 1998 lembrou, ainda, palavras de Saramago sobre o livro, que diziam: “é a memória do país que temos de passar a outras gerações”.

Fábio Porchat considera que a série documental vai completar o livro de Saramago, “pode ser um guia de viagens e vai chamar o público para se interessar pelo livro e a viajar”.

A série terá seis episódios, de cerca de 45 minutos, e estreará em setembro de 2022 em Portugal, mas será, também, exibida no Brasil e noutros países, foi hoje revelado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.