Na passada quinta-feira, dia 27 de agosto, o clube de leitura É Desta Que Leio Isto, juntou-se para conversar sobre o livro "Cem Anos de Solidão", do Prémio Nobel da Literatura Gabriel Garcia Marquez.

Neste encontro, contámos com a presença de Bruno Vieira do Amaral, escritor que lançou recentemente o livro Uma Ida Ao Motel e que já tinha expressado a importância do livro Cem Anos de Solidão na sua vida.

A história de Macondo, cidade onde se desenvolve toda a narrativa, é contada de forma bastante atípica. Repetem-se nomes de personagens ao longo de gerações, os episódios encadeiam-se através de memórias e antecipações e o escritor faz uso de um realismo mágico, onde a superstição, o irreal e o estranho são relatados como algo comum.

Estas características deram azo a que se discutisse a necessidade, ou não, de utilizar uma árvore genealógica para entender o livro, a forma como o imaginário da narrativa “nos faz acreditar que o céu é o limite” e a ilusão de que contar uma história assim parece fácil, tendo levado a que muitos outros escritores tentassem feitos semelhantes. Bruno Vieira Amaral concluiu até que “esta não foi uma história que o autor escolheu, mas sim uma história que escolheu o autor".

Em setembro, no É Desta Que Leio isto iremos conversar sobre as obras "Lolita", de Vladimir Nobokov (a 10 de setembro), e "Pão de Açúcar", de Afonso Reis Cabral (no dia 24 de setembro).

As inscrições para participar já estão abertas e podem ser feitas aqui:

- Lolita de Vladimir Nobokov, 10 de setembro, às 21h

- Pão de Açúcar de Afonso Reis Cabral, 24 de setembro, às 21h

Para não perder estas e outras novidades, junte-se ao grupo do É Desta Que Leio Isto no Facebook, onde já estão mais de 400 pessoas que regularmente partilham as suas opiniões e sugestões sobre livros e autores.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.