Pensamiento Colectivo é um grupo uruguaio que pretende fazer-nos parar e pensar antes de partilharmos qualquer vídeo ou imagem que possa expor, de forma humilhante, outras pessoas. É um alerta para a forma como utilizamos as redes de internet e os equipamentos que estão, agora, em todo o lado - mesmo onde não foram convidados.

Esta é a sua primeira campanha e chama-se #YoRespeto. O vídeo mostra um casal jovem que se envolve em carícias, num canto escondido, e é surpreendido por uma câmara de telemóvel. A situação é simulada - mas podia ser verdade.

A protagonista explica então as consequências, na sua vida, da divulgação do vídeo em que foi apanhada involuntariamente, alertando para o facto de que todos aqueles que partilham este tipo de material são cúmplices no abuso, violência e humilhação. Termina com o alerta: "Se receberes um vídeo que expõe a intimidade das pessoas, que as humilha ou deixa vulneráveis, não o partilhes. Pensa: e se fosses tu?" Aqui fica o vídeo e, abaixo, a transcrição da mensagem:

“São seis da manhã. Dentro de 10 minutos, este vídeo vai estar a circular em todas as redes sociais. Às 9h30, a Mary vai-me avisar que os amigos dela viram e enviaram a todos os seus amigos do WhatsApp. Ao meio dia, metade da minha Faculdade vai estar a ver, comentar e partilhar. E à tarde vai chegar até ao meu irmão mais pequeno e umas horas depois aos amigos do futebol do meu pai. Que lhe vão mostrar e dizer: ‘Olha… a tua filha…’. A minha mãe não vai acreditar. Três dias depois, sai a notícia no jornal. Vão comentar na rádio e em algum programa de TV. “O video deste verão!”. Quando for trabalhar, vão todos olhar para mim e comentar o segredo, como se eu não me apercebesse. Depois vão começar a gozar comigo tipos desconhecidos, no Facebook. Vão-me gritar e parar-me na rua. Até ao próximo verão, vão falar do vídeo. E vocês. Também vão fazer parte disto?"

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.