KEDI é o primeiro filme do realizador Ceyda Torun e acompanha a vida de alguns dos muitos milhares de gatos que podem ser vistos nas ruas da cidade turca.

O narrador do documentário explicou que esses gatos não são domesticados, nem são vadios: são antes uma parte inseparável da cidade; desempenham um papel muito particular, na criação de uma dinâmica e de um ambiente específico que não passa ao lado de quem visita a cidade.

Charlie Wuppermann, da Termine Films, disse à Reuters que Torun cresceu em Istambul e foi sempre muito afeiçoado aos gatos, mas o que realmente o inspirou foi a reação dos estrangeiros.

"Os gatos de Istambul têm uma relação com a cidade e com os seus habitantes que é única no mundo. Aqui, os gatos comportam-se como se nos conhecessem, mesmo que tenhamos acabado de conhecê-los", disse Wuppermann à Reuters.

O cineasta recolheu histórias de diferentes bairros, incluindo Cihangir, Nisantasi, Kandilli, Bomonti, Samatya, Kumkapi, Karakoy e Galata.

Foram usadas várias técnicas para filmar os gatos, mas a ideia fundamental era filmá-los do ponto de vista do gato, perto do chão.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.