Os restaurantes “Alma” e “Loco”, em Lisboa, “Lab by Sergi Arola”, em Sintra, o “Antiqvvm”, no Porto, o “William”, no Funchal e o “Boa Nova”, em Leça da Palmeira, fazem a sua estreia absoluta no guia Michelin ao serem distinguidos com uma estrela, enquanto o “L’And Vineyards” em Montemor-o-Novo, faz uma reentrada no guia depois de ter perdido a estrela na última edição, em 2016.

Já os restaurantes Il Galo d’Oro”, no Funchal, e o “The Yeatman”, em Vila Nova de Gaia, receberam a partir de Girona, na Catalunha, onde decorreu a cerimónia, a notícia da segunda estrela Michelin para os seus estabelecimentos.

No entanto, não foi a anunciada a esperada duplicação de estrelas em Portugal que os responsáveis ibéricos da Michelin tinham avançado informalmente há algumas semanas. Apesar disso, este é indubitavelmente o melhor ano de sempre para o país com nove novas estrelas e com nenhum dos restaurantes já galardoados a perder a distinção.

A edição deste ano marca a consagração do chef Rui Paula, do Boa Nova, e de Henrique Sá Pessoa, do restaurante Alma, que durante vários anos foram “eternos” candidatos.

Portugal passa assim de 17 para 26 estrelas atribuídas pela publicação francesa passando neste momento à frente de países como o Brasil (19), a Dinamarca (22) e a Suécia (24), ocupando o 13º lugar num ranking composto por 28 países.

“GUIA MICHELIN ESPANHA & PORTUGAL 2017”

Restaurantes distinguidos em Portugal:

2** estrelas

Il Gallo d’Oro (Funchal)

The Yeatman (Vila Nova de Gaia)

Belcanto (Lisboa)

Ocean (Armação de Pêra)

Vila Joya (Albufeira)

1* estrela

Alma (Lisboa) Nova Entrada

Antiqvvm (Porto) Nova Entrada

Boa Nova (Leça da Palmeira) Nova Entrada

Lab by Sergi Arola (Sintra) Nova Entrada

L’And (Montemor-o-Novo) Reentrada

Loco (Lisboa) Nova Entrada

William (Funchal) Nova Entrada

Bon Bon (Carvoeiro)

Casa da Calçada (Amarante)

Eleven (Lisboa)

Feitoria (Lisboa)

Fortaleza do Guincho (Cascais)

Henrique Leis (Almancil)

Pedro Lemos (Porto)

São Gabriel (Almancil)

Willie’s (Vilamoura)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.