Em comunicado, a Câmara Municipal do Sardoal afirma que Joana Gama propõe, neste concerto concebido especificamente para esta atuação, uma “outra abordagem” aos textos que José Luís Peixoto escreveu no âmbito de uma visita, entre 2020 e 2021, a diversas freguesias e lugares de Abrantes, Constância e Sardoal, “para ficcionar sobre esses territórios”.

Os textos, disponíveis nos locais aos quais se referem, em grande formato, ou no livro editado este ano pela Quetzal, recebem, em palco, “voz, som e movimento”, num espetáculo que “foca as dicotomias local/universal, passado/presente, duradouro/efémero” abordadas pelo autor, refere a nota.

O espetáculo, de entrada gratuita, insere-se no projeto “Caminhos Literários”, que resulta de uma candidatura conjunta apresentada pelos municípios de Abrantes, Constância e Sardoal (todos do distrito de Santarém) ao Programa Operacional Regional do Centro 2014-2020, centrado nos territórios ligados a António Botto, Luís de Camões e Gil Vicente.

O projeto visa proporcionar “o usufruto da arte em locais públicos e de acesso livre, trazendo a estes territórios vários espetáculos de música, artes visuais e cinema documental, entre outros”, afirma a nota.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.