A identidade do comprador que adquiriu por 51.457 dólares os óculos de Monet não foi divulgada.

Para além dos óculos, esta coleção incluía um conjunto de objetos raros, como um rascunho a lápis do pintor e impressões japonesas sobre madeira, procedentes da coleção pessoal do artista.

No total, esses objetos, que pertenceram ao mestre do impressionismo (1840-1929), foram comprados por 10,99 milhões de dólares (cerca de 9 milhões euros).

O recorde para um quadro de Claude Monet foi alcançado em novembro de 2016 com "Almiar", que faz parte de conjunto de quadros pintados pelo artista no período de 1890-1891, na sua casa no noroeste de França, Normandia.

O quadro foi vendido por 81,4 milhões de dólares (68 milhões de euros) num leilão organizado pela casa de leilões Christie's em Nova Iorque.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.