As duas irmãs querem levar às associações portuguesas sessões de leitura teatralizada para dar a conhecer a poesia de Florbela Espanca (1894-1930) e os livros que elas próprias escreveram inspiradas na poetisa portuguesa.

"Consideramos que fizemos essa tentativa de dar uma lufada de ar fresco porque no início do projeto disseram-nos que era impossível, que a poesia estava morta, que na comunidade portuguesa não se vendia", disse à Lusa Odette Branco, autora da peça de teatro "Florbela, La Soeur du Rêve".

A autora, que fundou a companhia de teatro "L'Art des Mots..." em 2013, quer dar a conhecer Florbela Espanca em Paris, especialmente junto da comunidade portuguesa, através das sessões de leitura teatralizada concebidas com a irmã.

"Gostaríamos que a poesia portuguesa no feminino tivesse mais vozes e mais apoios, que deixasse de ser vista como um produto elitista. Oitenta anos após a morte de Florbela Espanca, ela continua a deixar uma marca, mas aqui não é conhecida", continuou Cristina Branco.

Nesse sentido, as autoras imaginaram leituras "como num salão literário", com "representações intercaladas" entre a peça "Florbela, La Soeur du Rêve", de Odette, e o livro de prosa poética "Quand Vous Lirez Ces Mots", de Cristina, ambas as obras publicadas este ano.

"Os nossos trabalhos podem ser visuais, há uma ponte com o teatro. O teatro torna o projeto mais humanizado, mais cativante e permite atingir um público mais vasto", continuou Odette Branco.

"Florbela, La Soeur du Rêve" é uma peça de teatro em três atos que "imagina como teria sido a última 'soirée' em que Florbela se suicida", explicou a autora, enquanto "Quand Vous Lirez Ces Mots" é uma "palete do desencanto" na forma de cartas de amor, descreveu Cristina, acrescentando que o monólogo deverá ser transformado em curta-metragem.

Odette e Cristina Branco nasceram em França, estudaram em Portugal e regressaram a Paris onde "trabalham durante o dia e escrevem durante a noite", tendo Odette publicado em 2010 o primeiro romance "O Canto das Sereias".

"Florbela, La Soeur du Rêve" (edições Orfeu) e "Quand Vous Lirez Ces Mots" (Éditions Lanore) foram publicadas este ano e já foram levadas a palco em maio, em Paris, no Théo théâtre, com as autoras a planearem novas apresentações a partir de janeiro de 2017.

A Livraria Portuguesa e Brasileira de Paris, "a última livraria portuguesa em França e um dinossauro"- nas palavras do seu proprietário Michel Chandeigne - também foi palco de uma sessão de leitura teatralizada esta quinta-feira

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.