Em declarações aos jornalistas, José Fiscal indicou que há um aumento de 25 indivíduos em relação a 2016 e que, só naquela região, o número de lince-ibérico supera os 400, registando-se aumentos em várias áreas.

No próximo ano serão libertados 31 animais nas áreas de reintrodução no habitat selvagem para continuar a fazer aumentar a população dos felinos.

“No início da década havia 95 exemplares em liberdade”, disse à margem da abertura de uma passagem inferior para animais na autoestrada que liga Almonte a El Rocío.

Em Portugal, o Vale do Guadiana contava no final de setembro com 15 animais com territórios estabilizados e 16 crias já nascidas na natureza, segundo o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.