Um parque de diversões japonês que apresentava como uma de suas atrações uma pista de patinagem no gelo sobre cinco mil peixes congelados viu-se obrigado a fechar esta atividade, após uma chuva de críticas.

O parque Space World, em Kitakyushu, no Japão, abriu a pista de patinagem a 12 de novembro, mas o conceito da atração foi rotulado como sinistro e imoral. "Denunciaram o facto de os animais serem usados como se fossem brinquedos e também o desperdício do que poderia ser um alimento", afirmou à AFP o porta-voz da empresa que administra o parque, Koji Shibata. "Internamente, tinhamos discutido sobre a moralidade da ideia e decidimos aprová-la, porque os peixes já estavam mortos quando foram comprados e não estavam aptos para o consumo", acrescentou o mesmo responsável.

"Queríamos que nossos clientes experimentassem a sensação de patinar sobre o mar, mas depois das críticas decidimos acabar com a atividade", anunciou o diretor geral do parque, Toshimi Takeda.

No domingo, Takeda afirmou que lamentava profundamente tudo o que acontecera. O gelo será derretido, numa operação que pode demorar uma semana, e depois a direção do parque pretende organizar uma cerimónia em homenagem aos peixes na presença de um clérigo xintoísta.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.