A digressão em curso dos U2, a Experience + Innocence Tour, tem sido marcada pela projeção de um vídeo de divulgação à ação "Poverty is Sexist", desenvolvida pela organização ONE, no âmbito do "combate às causas que mantêm as mulheres e meninas dos países menos desenvolvidos numa condição de pobreza extrema", como se pode ler no comunicado.

Ana Moura participa neste momento, em que o vídeo mostra um coro a cantar "Women of the World" de Ivor Cutler, canção mais conhecida por ter passado pelos lábios de Jim O’Rourke. Esta é uma iniciativa que tem usado a hashtag #womenoftheworldtakeover.

Fadista de espetro internacional, este não é o primeiro convite que Ana Moura recebe de artistas conceituados para colaborações. No seu currículo, a cantora já cantou com Prince, os Rolling Stones, Andrea Bocelli e Benjamin Clementine. Desta vez, não vai estar em palco, mas vai emprestar a sua voz ao espetáculo.

Recorde-se que mais cerca de 50 bilhetes para os dois concertos, que se encontravam esgotados, foram hoje colocados à venda.

[Notícia corrigida às 15h51 do dia 15 de setembro de 2018 - Rectificado o papel de Ana Moura no concerto dos U2. A fadista não vai subir ao palco com a banda irlandesa, mas sim figurar num vídeo projetado]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.