O último chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, ao longo dos dois mandatos que esteve em Belém, entre 2006 e 2016, realizou 26 de visitas oficiais e de Estado.

Entre o Presidente que mais viajou e aquele que menos saiu do país para viagens oficiais ou de Estado estão Jorge Sampaio, que realizou 45, e Ramalho Eanes, que fez 28, apenas mais duas que Cavaco Silva. Ramalho Eanes foi eleito nas primeiras eleições presidenciais da democracia, a 27 de junho de 1976.

Veja também: 

40 anos de Presidenciais: três militares e um civil disputaram as eleições em 1976

As "lições" da campanha segundo a análise do jornalista Marcelo em 1976

O atual Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, realizou até agora, e desde que iniciou o seu mandato a 09 de março, uma visita de Estado a Moçambique - entre 03 e 06 de maio – e uma visita oficial a Itália (entre 31 de abril e 01 de maio) e à Alemanha (nos dias 29 e 30 de maio).

PR Marcelo Rebelo de Sousa com papa Francisco

Mas, além destas viagens, Marcelo já se deslocou outras vezes ao estrangeiro. A primeira ‘saída' aconteceu menos de dez dias depois de ter tomado posse, com Marcelo a passar pelo Vaticano e por Madrid (Espanha), numa viagem ‘relâmpago' de apenas um dia, a 17 de março.

Depois disso, o chefe de Estado foi ao parlamento europeu, em Estrasburgo, a Paris, para comemorar de forma inédita o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas junto dos portugueses residentes na capital francesa, e a Lyon, para assistir ao jogo da seleção portuguesa de futebol no Europeu. Para a próxima segunda-feira está já agendada outra visita, agora a Marrocos, a convite do rei.

Além do número pouco habitual de deslocações nos primeiros meses de mandato, Marcelo Rebelo de Sousa distingue-se também dos seus antecessores por ter sido até hoje o Presidente que mais cedo realizou uma visita de Estado ou oficial. Menos de dois meses depois de ter tomado posse, Marcelo Rebelo de Sousa partia para a primeira viagem de Estado do mandato, a Moçambique, onde aterrou ao início da manhã do dia 03 de maio.

O primeiro Presidente português eleito em democracia, Ramalho Eanes, esperou quase um ano depois de ter tomado posse (a 14 de julho de 1976) para realizar a primeira viagem oficial do mandato, a Espanha, de 23 a 26 de maio de 1977.

Presidente da república Ramalho Eanes em visita a Espenha, com rei Juan Carlos

Mário Soares, que tomou posse a 09 de março de 1986, realizou as primeiras visitas de Estado a São Tomé e Cabo Verde, nove meses depois de chegar a Belém, entre 05 e 08 de dezembro de 1986.

Dez anos mais tarde, em 1996, Jorge Sampaio tomou posse como Presidente da República também no dia 09 de março e logo em maio fez a primeira visita oficial. Tal como Mário Soares escolheu Cabo Verde, onde esteve entre os dias 12 e 14 de maio, pouco mais de dois meses depois de assumir o cargo de chefe de Estado.

Visita de Jorge Sampaio a Cabo Verde

Em 2006, repetindo a escolha de Ramalho Eanes, Cavaco Silva realizou a primeira viagem a Espanha, numa visita de Estado que aconteceu entre os dias 25 e 28 de setembro, pouco mais de seis meses depois de ter tomado posse (a 09 de março de 2006).

Cavaco Silva em visita oficial a Espanha em 2006

Cavaco Silva e o seu antecessor no cargo, Jorge Sampaio, foram os únicos Presidentes eleitos em democracia que passaram pelos cinco continentes, com as viagens que fizeram à Austrália.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.