José Pedro Fontes, campeão nacional de ralis, e a navegadora Inês Ponte embateram contra uma árvore. De acordo com a assessoria de comunicação da prova, Inês Ponte foi transportada de helicóptero para o hospital e José Pedro Fontes de ambulância, depois de o Citroen DS3 R5 do bicampeão nacional ter embatido num eucalipto, 400 metros após a partida para os 26,7 quilómetros da segunda especial, em Viana do Castelo.

Ambos foram transportados para o Hospital de Viana do Castelo. A rádio Alto Minho cita a organização da prova para dizer que os portugueses estão conscientes e a realizar exames complementares na unidade hospitalar daquele distrito do norte do país.

Entretanto, o troço onde ocorreu o acidente com os portugueses foi interrompido, informa a organização da prova no Twitter, sendo o rally retomado depois de a dupla da Citroen ser transportada para o hospital.

José Pedro Fontes foi o último a partir para a segunda prova especial de classificação do Rally de Portugal, a primeira do dia. A 51.ª edição do Rally de Portugal, a disputar até domingo, voltou este ano a integrar o campeonato nacional, que é liderado pelo piloto lisboeta.

A organização da prova adianta que a dupla campeã nacional está, agora, "fora de prova", por causa do "acidente sofrido na segunda classificativa".

Esta tarde, um comunicado do hospital veio já dizer que tanto o piloto portuense como a navegadora cascalense estão livres de perigo. José Pedro Fontes terá fraturado um fémur e Inês Ponte a bacia.

[notícia atualizada às 15:31 com informação sobre o estado de saúde dos tripulantes]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.