“Alexei Navalny foi transportado numa ambulância para o aeroporto”, escreveu a porta-voz Kira Iarmych na rede social Twitter, citada pela agência de notícias France-Presse (AFP).

Os jornalistas da AFP no local testemunharam a saída de uma ambulância do hospital e a chegada pouco depois ao aeroporto da cidade siberiana, escoltada por uma comitiva da polícia, que entrou depois na pista de aterragem.

Alexei Navalny, de 44 anos, está internado desde quinta-feira em Omsk, numa unidade de cuidados intensivos, em coma e ligado a um ventilador, depois de se ter sentido mal durante um voo, suspeitando a sua equipa que possa ter sido vítima de envenenamento.

Os médicos do hospital de Omsk autorizaram na sexta-feira a transferência de Navalny para a Alemanha, para receber tratamento, a pedido da família, afirmando que o seu estado era “estável”, depois de inicialmente se terem oposto.

Uma organização não-governamental (ONG) alemã, a “Cinema for Peace”, enviou um avião-ambulância, com uma equipa de médicos especializados no tratamento de doentes em coma, que aterrou na sexta-feira em Omsk.

A ONG pretende transferir Navalny para o hospital universitário Charité, em Berlim, o que é aprovado pela família e colaboradores do opositor.

A mulher do opositor pediu na sexta-feira ao Presidente russo, Vladimir Putin, que autorizasse a transferência do marido para a Alemanha, e a equipa de Navalny recorreu ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos para tentar conseguir autorização para o seu transporte para Berlim.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.