Analisada a situação meteorológica definida pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que prevê tempo quente e seco e uma intensificação do vento nas próximas 72 horas, a ANPC determinou que “os índices de risco de incêndio irão manter-se nas classes de ‘muito elevado’ a “máximo” nas regiões do Algarve e nas regiões do Norte e Centro, com exceção do litoral”.

Em função da previsão meteorológica de tempo quente e seco e vento moderado existem “condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios florestais”, refere o comunicado.

As temperaturas máximas deverão variar entre os 36-40.ºC, nos distritos de Castelo Branco, Portalegre, Évora, Beja e Faro, e entre os 30-35.ºC, nos distritos de Bragança, Braga, Vila Real, Viseu, Guarda, Coimbra, Santarém e Lisboa.

Entre sábado e segunda-feira, segundo o IPMA, o vento soprará moderado (até 30 km/h) de quadrante Norte/Noroeste, moderado a forte (até 45 km/h) no litoral oeste e nas terras altas, por vezes com rajadas até 65 km/h, em especial durante a tarde.

Os valores de humidade relativa serão de 20-30% nas regiões do interior do Continente, numa faixa que pode estender-se até ao litoral na região Sul, com recuperação noturna na generalidade do território (mais de 75%), exceto no distrito de Faro (35-65%), durante a noite de sexta-feira para sábado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.