Do castelo de Windsor, a oeste de Londres, onde está confinada com o marido, o príncipe Philip, que acaba de completar 99 anos, a monarca ouviu quatro membros da associação Carers Trust por vídeo-chamada. A reunião foi organizada pela filha, a princesa Ana, fundadora desta associação que apoia pessoas que cuidam dos familiares gravemente doentes ou deficientes.

Com a ajuda do seu secretário pessoal para a parte técnica, a rainha foi a última a entrar na chamada e a primeira a abandoná-la, como exige a etiqueta real.

"É muito interessante ouvir as suas histórias", disse no vídeo divulgado pelo Palácio de Buckingham. "Estou feliz de poder conversar com vocês hoje", acrescentou a monarca, que enviou seu primeiro e-mail em 1976 e publicou pela primeira vez no Twitter em 2014.

"Conseguia perceber-se que nunca tinha feito este tipo de chamada oficial, mas realmente levou tudo com tranquilidade", afirmou Alexandra Atkins, de 24 anos, que participou da vídeo-conferência. "Estava sentada no meu quarto e a conversar com a princesa e a rainha", exclamou, descrevendo a experiência como "irreal".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.