"Não posso ficar mais no LIVRE, retirando-lhe consequentemente qualquer confiança política", escreveu hoje na página pessoal no Facebook o assessor da deputada Joacine Katar Moreira no parlamento.

A publicação surge no seguimento da decisão da 44ª Assembleia do Livre de retirar a confiança política à deputada, tomada com uma maioria de 83% dos votos.

O membro fundador do Livre argumentou que "os tempos que correm" são esclarecedores "acerca das alianças: não de quem está necessariamente connosco, mas de quem não larga *mesmo* a mão de ninguém", fazendo referência ao lema popularizado no Brasil, após a eleição de Jair Bolsonaro e utilizado em várias ocasiões por membros do partido, "Ninguém solta a mão de ninguém".

Rafael Esteves Martins disse ainda não reconhecer o partido que ajudou a fundar, anunciando o seu afastamento.

A agência Lusa tentou contactar o assessor mas até ao momento não foi possível.

Também hoje, outro dos membros fundadores do partido, André Barata, anunciou igualmente a "retirada de confiança" no partido, com uma publicação no Facebook, após a decisão anunciada pelos órgãos do partido.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.