Os talibãs disseram que o “ataque era uma vingança” ao ataque aéreo norte-americano na província de Kunduz, que provocou a morte a 32 civis.

“O atacante suicida chocou com um carro armadilhado contra a parede do consulado alemão na cidade”, disse o chefe da polícia local, Sayed Kamal Sadat.

O porta-voz do Governo, Munir Farhad, também confirmou o ataque.

Ainda não houve reação da embaixada da Alemanha em Cabul.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.