Segundo a projeção da TVI, Isaltino Morais, que cumpriu uma pena de prisão por fraude fiscal e branqueamento de capitais, obteve 42,2% a 47,2% dos votos.

A RTP avança com uma projeção de 42% a 46% para a lista de Isaltino Morais.

Em Coimbra, de acordo com o mesmo estudo, o socialista Manuel Machado renovou o mandato, recolhendo entre 37% a 42% dos votos, mais do que há quatro anos, quando conseguiu 35,51%.

O candidato do PSD/CDS, Jaime Ramos, ficou em segundo lugar, com uma percentagem de 27,6% a 31,6% dos votos, enquanto o movimento Somos Coimbra, encabeçado por José Manuel Silva, ex-bastonário da Ordem dos Médicos, terá tido entre 11,1% a 15,1%.

Segundo a projeção da TVI, Luísa Salgueiro, do PS, foi eleita em Matosinhos com uma percentagem que varia entre os 34,8% e os 39,8%.

O independente António Parada reuniu entre 16,9% e 20,9% dos votos, deixando Narciso Miranda, antigo presidente da autarquia, em terceiro, com uma votação entre os 14,5% e os 18,5%.

Em Sintra, Basílio Horta, o atual autarca socialista, foi reeleito, garantindo entre 41,5% a 46,5% dos votos, segundo a projeção da TVI.

Marco Almeida (PSD/CDS) ficou em segundo, com 28,3% a 32,3% dos votos, com o candidato Pedro Ventura, da CDU (PCP/PEV), a ser terceiro, com 8% a 11%.

Também em Odivelas a vitória foi socialista, com Hugo Martins a vencer com 43,2% a 48,2% dos votos.

Quatro anos depois de ser derrotado em Lisboa, Fernando Seara, candidato da coligação PSD/CDS, reuniu entre 20,2% e 24,2% dos votos, de acordo com a mesma projeção.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.