Um avião de carga da Turquia que tentava aterrar no principal aeroporto do Quirguistão caiu hoje, numa zona densamente habitada , causando pelo menos 37 mortos, informaram as autoridades do Quirguistão.

De acordo com a administração do aeroporto, o avião deveria ter feito uma paragem em Manas, perto da capital do país, Bishkek, na sua rota de Hong Kong para Istambul. O nevoeiro cerrado e a consequente pouca visibilidade terá estado na origem do acidente.

O avião em queda projetou-se por várias centenas de metros na superfície na localidade de Dacha-Suu, destruindo os edifícios que tinha pela frente e que se estima tenham sido 15.

Os quatro pilotos também morreram, indicou a mesma entidade.

O avião era um Boeing 747-400 e foi inicialmente identificado como pertencendo à companhia Turkish Airlines, mas o operador turco de carga,  ACT Airlines, indicou posteriormente que o aparelho pertencia à empresa. "O nosso avião que voava a 16 de janeiro de Hong Kong para Bishkek caiu na aterragem em Bishkek por razões desconhecidas," informou a ACT Airlines num comunicado enviado por email.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.