Segundo avança o JN desta quinta-feira, a análise que detetou a bactéria foi feita no passado dia nove. A administração Regional de Saúde do Norte confirmou o resultado da análise e a Câmara Municipal de Guimarães já foi informada da situação, para além disso anunciou ter em curso há um ano um plano para o despiste da legionella nas fontes públicas.

A Administração Regional de Saúde do Norte salienta que no último mês não foram detetados casos da doença na área do ACES do Alto Ave.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.

Um artigo do parceiro

Jornal digital generalista da região do Minho. Fundado em 2015, é líder na Internet, em leitores e seguidores nas redes sociais, numa região com mais de um milhão de habitantes, distribuídos por dois distritos, num total de 24 concelhos, e onde se destacam Braga, Viana do Castelo, Guimarães, Vila Nova de Famalicão, Barcelos, Ponte de Lima, Fafe e Vila Verde.