A pedra, descoberta em 1 de junho, foi mostrada ao Presidente do Botswana, Mokgweetsi Masisi, na capital, Gaborone.

"Acredita-se ser o terceiro maior do género encontrado no planeta", disse Lynette Armstrong, a diretora da Debswana, detida em parceria pelo Governo do Botsuana e pelo negociante sul-africano de diamantes De Beers.

A descoberta "traz esperança a uma nação em dificuldades", acrescentou.

O maior diamante conhecido é o "Cullinan", que pesa mais de 3.100 quilates e foi desenterrado na África do Sul em 1905.

O segundo, de 1.109 quilates, foi descoberto em 2015 na mina de Karowe, no nordeste do Botsuana, que é o maior produtor de diamantes de África.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.