Pelo menos 20 vítimas morreram durante um deslizamento de terras numa vila no bairro do Ibura, na zona sul de Recife, capital do estado de Pernambuco, segundo o último boletim da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (SEDEC) brasileira.

A autarquia da cidade de Camaragibe confirmou mais seis mortos, na sequência de um deslizamento de terras numa área arborizada da cidade.

Pelo menos 500 pessoas ficaram desalojadas, pelo que a autarquia do Recife abriu escolas e creches para acomodar famílias que tiveram de deixar as suas casas.

As autoridades aconselharam ainda 32 mil famílias a retirarem-se de áreas de risco e ofereceram refúgio em instalações municipais, enquanto outras ficaram em casas de amigos ou parentes.

As chuvas causaram vários deslizamentos e inundações em todo o estado de Pernambuco, principalmente no Recife e região metropolitana.

Em apenas 24 horas, entre as 23:00 de sexta-feira e as 11:00 de sábado (entre as 3:00 e as 15:00 de sábado em Lisboa), a cidade de Recife registou 70% da previsão de chuvas para todo o mês de maio, sublinhou a SEDEC.

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, anunciou a nomeação de 92 novos membros do Corpo de Bombeiros, que tomarão posse a partir de 6 de junho, para reforçar o resgate das vítimas das enchentes, avançou o jornal O Globo.

O governador solicitou ainda o apoio de efetivos das Forças Armadas, além de embarcações e aeronaves do exército brasileiro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.