O programa, que estreou em 2005, é conhecido pelo seu formato invulgar, com membros do público que se envolvem em discussões inflamadas sobre a vida pessoal dos convidados que, por vezes, são sujeitos a detectores de mentiras ou testes de ADN.

Escreve a imprensa britânica que Steven Dymond foi encontrado morto no dia 9 de maio, sem revelar em que circunstâncias. O tema do episódio com Steven Dymond debateu-se com questões de infidelidade, tendo o concorrendo sido submetido a um detector de mentiras. Um inquérito à morte já foi aberto pelas autoridades.

O episódio com o convidado não será exibido, garante a ITV, que acrescenta em comunicado que "todos da ITV e do Jeremy Kyle Show estão chocados e entristecidos com a notícia da morte de um participante".

"Dada a seriedade do acontecimento, a ITV também decidiu suspender de imediato as filmagens e a transmissão do The Jeremy Kyle Show", adianta a mesma nota. A emissora esclarece ainda que continuará a trabalhar com o apresentador Jeremy Kyle noutros projetos, sem adiantar quais.

A BBC cita críticos do programa que advogam que este colocava pessoas vulneráveis, muitas vezes com problemas de dependências e saúde mental, numa plataforma pública que lhes podia trazer um nível de exposição pública mal calculado por quem decidisse a participar.

Acrescenta a publicação que o programa foi o mais popular na programação diurna do ITV, com uma média de um milhão de espetadores.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.