Após o fecho das urnas, às 21h, as casas de apostas de Londres apontavam (90%) para a vitória da permanência do Reino Unido na União Europeia, mas algumas horas depois, com a divulgação dos primeiros resultados, a tendência era de 60% a favor da saída da UE. Uma das principais casas de apostas de Londres, a Ladbrokes, cotava a saída do bloco europeu em 63%, enquanto a Betfair avaliava em 60%.

Em Newcastle, a primeira cidade a divulgar os resultados, a permanência na UE venceu por pequena margem, enquanto em Sunderland, outra cidade do norte da Inglaterra, a saída do grupo europeu ganhou com ampla vantagem.

A permanência na UE venceu por 50,7%, contra 49,3% a favor do Brexit em Newcastle, mas o resultado decepcionou os defensores da UE. "Isto pode ser um verdadeiro problema para a permanência. A previsão em Newcastle era de uma vitória pró-UE de 59% contra 41%", disse o professor Simon Hix, da London School of Economics.

Em Sunderland, a "saída" venceu por 61,34%, contra 38,66%, uma vitória que superou as expectativas dos defensores do Brexit. Os primeiros resultados oficiais na Grã-Bretanha derrubaram a libra na Ásia, que caiu a 1,45 dólar após ter subido a 1,50 dólar. 

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.