O acidente deu-se no município de Inca, segundo a agência de notícias Efe.

Na sequência do acidente morreram os cinco ocupantes do helicóptero, dois deles menores de idade, e os dois do ultraligeiro. Não se registaram outros feridos.

O acidente deu-se às 13:35 (12:35 em Lisboa) e os bombeiros estavam duas horas depois a apagar os incêndios que deflagraram na sequência da queda das aeronaves.

Ainda não se sabe quais as causas do acidente, estando agora a ser investigadas.

Segundo explicou à AFP um porta-voz da polícia nacional, o helicóptero era matriculado na Alemanha, "o que não significa que os ocupantes fossem dessa nacionalidade", enfatizando que a investigação continua para determinar a identidade das vítimas.

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, já reagiu a esta ocorrência através da sua conta oficial de Twitter. "A minha solidariedade e amor está com as famílias das vítimas que perderam as suas vidas neste acidente trágico", escreveu.

[Notícia atualizada às 17:02 - Sobe o número de vítimas mortais para sete]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.