Américo Aguiar, bispo auxiliar de Lisboa, disse, citado pela agência Ecclesia, que foi escolhido o dia de São Francisco de Assis “propositadamente, para significar este convite à fraternidade universal”.

A JMJ Lisboa 2023, que será encerrada pelo Papa, vai realizar-se entre os dias 01 e 06 de agosto desse ano, anunciou hoje o Comité Organizador Local.

“É com muita alegria que revelamos que a Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 se realizará de 1 a 6 de agosto de 2023. O anúncio da data da JMJ, neste dia de São Francisco de Assis, é um momento muito importante para todos”, diz Manuel Clemente, cardeal-patriarca de Lisboa, num comunicado difundido pela organização da Jornada.

Segundo Américo Aguiar, o anúncio da data “é muito importante logisticamente para a organização, era um elemento que faltava para a adrenalina começar em contagem decrescente” e para permitir a organização daqueles que virão de outros países.

“Não podemos esquecer que vêm jovens dos vários continentes, os calendários escolares e profissionais são diferenciados, por isso a partilha e o anúncio era algo importante e urgente”, acrescentou.

Segundo a informação disponibilizada hoje, “as equipas de trabalho que compõem o Comité Organizador Local (COL), órgão executivo da preparação e organização da JMJ Lisboa 2023, contam já com mais de 400 voluntários, a maioria dos quais portugueses”.

“Em cada uma das 21 dioceses de Portugal existem também já Comités Organizadores Diocesanos, encarregados de dinamizar no seu território o caminho de preparação até à JMJ”, acrescenta o comunicado, segundo qual, “no último ano, destacam-se como momentos altos da preparação o lançamento da imagem oficial da JMJ, que decorreu em outubro de 2020, a receção dos símbolos da JMJ, que se realizou em novembro de 2020 em Roma, numa celebração com o Papa Francisco, e a divulgação do hino oficial da jornada, em janeiro de 2021”.

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) foi instituída por João Paulo II, em 1985, e desde então tem-se evidenciado como um momento de encontro e partilha para milhões de pessoas por todo o mundo.

A primeira edição aconteceu em 1986, em Roma, e desde então a JMJ já passou por Buenos Aires (Argentina, 1987), Santiago de Compostela (Espanha, 1989), Czestochowa (Polónia, 1991), Denver (Estados Unidos, 1993), Manila (Filipinas, 1995), Paris (França, 1997), Roma (Itália, 2000), Toronto (Canadá, 2002), Colónia (Alemanha, 2005), Sidney (Austrália, 2008), Madrid (Espanha, 2011), Rio de Janeiro (Brasil, 2013), Cracóvia (Polónia, 2016) e Cidade do Panamá (Panamá2019).

Foi a 27 de janeiro de 2019, no Panamá, que foi divulgada a escolha da cidade de Lisboa pelo Papa Francisco para acolher a próxima Jornada Mundial da Juventude.

A JMJ Lisboa 2023, para a qual são esperados mais de um milhão de jovens de todo o mundo, decorrerá nos terrenos da margem do rio Tejo, ao norte do Parque das Nações, e será encerrada pelo Papa.

Inicialmente prevista para o verão de 2022, a iniciativa foi adiada um ano, devido à pandemia de covid-19.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.