"Três deles foram enterrados perto de casas particulares, o outro foi enterrado no terreno de uma empresa de alcatrão em frente à estação ferroviária".

Os corpos foram encontrados no domingo "e tinham vestígios de tortura", revelou a Procuradoria no Facebook.

"De acordo com a versão preliminar da investigação, as vítimas foram mortas pelos militares russos durante a ocupação da cidade", acrescentaram.

A entidade indica que foram os moradores que notificaram "as forças de segurança e apontaram que soldados russos mataram os seus concidadãos".

Na semana passada, a localidade voltou ao controle de Kiev.

Nos últimos dias, a Ucrânia anunciou progressos significativos na região de Kharkiv, que faz fronteira com a Rússia.

As forças russas foram acusadas de atrocidades, inclusive nos arredores de Kiev, como em Bucha, de onde se retiraram no final de março. Moscovo nega qualquer crime e garante que são falsificações.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.