Ardern explicou que apenas um pequeno número de corpos será entregue inicialmente e os restantes até quarta-feira.

A lei islâmica exige que os corpos sejam limpos e enterrados logo que possível após a morte, geralmente dentro de 24 horas.

O comissário da polícia neozelandesa, Michael Bush, informou no sábado que 36 vítimas do ataque continuam hospitalizadas, duas das quais em estado crítico.

Bush referiu ainda que o australiano Brenton Tarrant será o único responsável pelo ataque armado às mesquitas de Al Noor e de Linwood, na cidade de Christchurch.

Christchurch, com cerca de 376.700 habitantes, é a maior cidade da Ilha Sul da Nova Zelândia e a terceira maior cidade do país, localizada na costa leste da ilha e a norte da península de Banks. É a capital da região de Canterbury.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.