Nas últimas 24 horas foram identificados 2.101 novos casos de pessoas infetadas com o novo coronavírus, com mais de metade dos casos a serem registados na zona Norte (1.146). Segue-se a região de Lisboa e Vale do Tejo com 733 novos contágios, a região Centro com 163, o Alentejo com 40 e, finalmente, o Algarve com 13.

É o segundo dia consecutivo que Portugal tem mais de dois mil novos casos, após os 2.072 registados na quarta-feira.

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 2.128 mortes e 93.294 casos de infeção, estando ativos 36.085 casos, mais 1.502 do que na quarta-feira.

A DGS indica que das 11 mortes registadas, sete ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, duas na região Norte e outras duas na região Centro.

Relativamente aos internamentos hospitalares, nas últimas 24 horas há mais 36 pessoas internadas totalizando 993, das quais 139 em cuidados intensivos (mais quatro em relação a quarta-feira).

O Boletim ao detalhe

As autoridades de saúde têm em vigilância 51.601 contactos, mais 1.057 do que na quarta-feira.

Nas últimas 24 horas houve 588 doentes recuperados, totalizando 55.081 desde o início da pandemia.

A região Norte foi onde nas últimas 24 horas se registaram mais novas infeções, com 1.146 casos, totalizando 35.807 e 934 mortos.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados mais 733 novos casos de infeção, contabilizando-se desde o início da pandemia 45.521 casos e 857 mortes.

Na região Centro registaram-se mais 163 casos, contabilizando-se 7.511 infeções e 275 mortos.

No Alentejo foram registados mais 40 novos casos de covid-19, para um total de 1.764, com um total de 26 mortos desde o início da pandemia.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 13 novos casos de infeção, somando 2.080 casos e 21 mortos.

Na Região Autónoma dos Açores foi registado mais um caso novo, somando 306 infeções detetadas e 15 mortos desde o início da pandemia.

A Madeira registou cinco novos casos nas últimas 24 horas, contabilizando 305 infeções, sem óbitos até hoje.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções. A faixa etária 40 e os 49 é a que regista o valor mais elevado.

Em relação aos óbitos, a covid-19 já provocou mais mortes entre os homens (1.066) do que nas mulheres (1.062).

Em sentido inverso está o género de infetados com a doença que já atingiu 50.762 mulheres e 42.532 homens.

A covid-19 já provocou mais de um milhão e noventa e três mil mortos e mais de 38,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.