“Temos estado em articulação com as autoridades de saúde do continente, de modo a que, entretanto, estas pessoas sejam sinalizadas e identificadas a montante e consigamos evitar a sua deslocação para a Região Autónoma dos Açores. Esse trabalho está a ser feito e acredito que terá um bom desfecho”, adiantou hoje o responsável pela Autoridade de Saúde Regional, Tiago Lopes, numa conferência de imprensa, em Angra do Heroísmo.

Questionado pelos jornalistas, o responsável confirmou a existência de açorianos que “terão tido contacto com três casos infetados [pelo novo coronavírus] na Austrália” a bordo de um navio de cruzeiros.

“As autoridades de saúde australianas contactaram com as autoridades de saúde do continente, que entraram em contacto connosco, no sentido da identificação e da sinalização posterior de casos próximos que terão estado com três casos positivos que foram identificados na Austrália”, afirmou.

Os Açores têm atualmente 11 casos de covid-19 confirmados, sete na ilha de São Jorge, dois na Terceira, um no Faial e um em São Miguel, não havendo, contudo, transmissão local até ao momento, segundo a Autoridade de Saúde Regional.

Desde o passado dia 14 de março que os passageiros que desembarcam na região, vindos do exterior, são obrigados a ficar 14 dias em quarentena.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 324 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 14.396 morreram

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, há 14 mortes e 1.600 infeções confirmadas.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.