Chama-se Bolsa de Reforço Solidário e é uma iniciativa da autarquia de Matosinhos em articulação com o Instituto Padre António Vieira. Lançada hoje, a operação serve para “reforçar a capacidade de resposta” das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) deste concelho que precisem de recursos humanos para combater a pandemia de covid-19.

Numa nota à imprensa, a autarquia do distrito do Porto explica que “as IPSS que gerem Estruturas Residenciais para Idosos estão a lidar com o grande desafio de terem, de um momento para o outro, o seu quadro de pessoal diminuído por via da infeção por covid-19 ou por se encontrarem a cumprir quarentena.”

Assim, esta Bolsa de Reforço Solidário está à procura de quem possua. “Formação ou experiência nas áreas da saúde, geriatria, ação social, assistência operacional, entre outras” para montar equipas que possam apoiar os lares.

“O objetivo é termos um conjunto de pessoas perfeitamente habilitado a exercer funções em todas as valências que englobam o acompanhamento de idosos”, diz a presidente da câmara de Matosinhos, Luísa Salgueiro, citada no comunicado.

“Estamos a viver momentos de grande exigência e precisamos de por no terreno medidas rápidas e seguras”, explica a autarca socialista, que está a trabalhar a partir de casa por ser um dos casos confirmados de infeção pelo vírus responsável pela covid-19.

Segundo presidente do Instituto Padre António Vieira (IPAV), Rui Marques, o papel da associação é “auxiliar o Departamento de Intervenção Social da Câmara de Matosinhos a fazer a triagem e seleção das pessoas que responderem ao apelo e, posteriormente, organizar as equipas de forma a conseguirmos dar uma resposta adequada a todos os casos que surgirem”.

O IPAV é uma associação cívica sem fins lucrativos, que se destina à reflexão, formação e ação no domínio da promoção da dignidade humana, da solidariedade social, da sustentabilidade, do desenvolvimento, da diversidade e diálogo de civilizações e culturas, explica a nota.

Os interessados em fazer parte desta Bolsa de Reforço Solidário podem inscrever-se através do e-mail voluntariadoemmatosinhos@cm- matosinhos.pt, e, a partir de segunda-feira, através da linha 800 210 095.

Matosinhos regista este sábado 189 casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), responsável pela doença covid-19, segundo os dados da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Luísa Salgueiro, presidente da autarquia, e António Correia Pinto, vereador da Educação e da Qualificação Ambiental, estão infetados com o novo coronavírus, disse fonte da autarquia ao SAPO24 no sábado passado (21/03).

Nesta altura, segundo os dados da DGS, divulgados ao início desta tarde, a região norte continua a ser aquela que regista mais casos de doença (3.035) e mais óbitos (44).

No total nacional, contam-se agora 5.170 casos confirmados e 100 óbitos. Mais de metade (58) das mortes associadas à covid-19 são de pessoas com mais de 80 anos.

A covid-19, causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, é uma infeção respiratória aguda que pode desencadear uma pneumonia.

Portugal, onde o primeiro caso foi confirmado a 02 de março e que está em estado de emergência até quinta-feira, entrou já na terceira e mais grave fase de resposta à doença covid-19 (Fase de Mitigação), ativada quando há transmissão local, em ambiente fechado, e/ou transmissão comunitária.

Detetado em dezembro de 2019, na China, o novo coronavírus já infetou mais de 600 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 28 mil.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.