“Esta decisão vem no seguimento de uma ocorrência levantada pela GNR, após visita ao local, que detetou que as condições de segurança, o distanciamento social e as orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS) não estavam a ser cumpridos pelos utilizadores daquele espaço, colocando em risco a segurança e a saúde pública de todos”, lê-se numa nota de impressa do município, enviada à agência Lusa.

A câmara liderada por Emílio Torrão diz ainda que, “como medida de salvaguarda da saúde pública e proteção da população, em especial da freguesia da Ereira, o acesso àquela zona de prática balnear está temporariamente encerrado”.

A Ereira “situa-se numa zona de planície entre os 10 e 20 metros de altitude e é constituída na sua grande parte por terrenos de cultivo".

"Tem uma área de 7,26 km2 e dista três quilómetros da sede de concelho. É servida por estrada e pela estação de Verride da linha de caminho-de-ferro Alfarelos-Figueira da Foz”, recorda a Câmara de Montemor-o-Velho.

“Tem um papel de destaque na gastronomia, graças à sua ligação com os campos e o rio, que fornecem os ingredientes para o famoso arroz de lampreia, para o ensopado de enguias ou para o arroz doce”, explica também o município, na sua página da internet.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 590 mil mortos e infetou mais de 13,83 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.682 pessoas das 48.077 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.