Elsa Baião disse à agência Lusa que as tendas têm como finalidade "libertar espaços do interior do hospital" que, por sua vez, vão ser usados para "realojar áreas de serviços convertidos em internamento covid", sem detalhar se vai haver aumento do número de camas.

A administradora do CHO explicou que as tendas vão ser também utilizadas para a realização de colheitas para testes de diagnóstico à covid-19, tratamentos a doentes infetados pelo novo coronavírus e sala de espera para a consulta externa.

Na terça-feira, um homem morreu dentro da ambulância enquanto esperava para entrar na urgência covid do hospital de Torres Vedras, por esta se encontrar lotada.

Elsa Baião, confirmou à agência Lusa, que o CHO informou o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) dessa sobrelotação.

Nos últimos dias, por esse motivo, as ambulâncias têm-se aglomerado e ficado retidas à porta de hospital até os doentes darem entrada na urgência.

Apesar disso, o doente em causa não foi reencaminhado para outra urgência hospitalar próxima.

O Centro Hospitalar do Oeste informou que tem em curso "um processo de averiguação dos factos".

Questionados pela Lusa, o Centro Hospitalar do Oeste e o Instituto Nacional de Emergência Médica ainda não prestaram esclarecimentos sobre o caso deste doente.

Uma vez que a urgência covid está a funcionar no espaço das consultas externas, em maio último, já tinham sido instalados contentores prefabricados junto ao hospital para aí relocalizar esse serviço e libertar esse espaço dentro do hospital.

O hospital de Torres Vedras tem ativo um surto de covid-19, com um total de 126 infetados, dos quais oito morreram, quatro recuperaram e os restantes continuam positivos.

O Centro Hospitalar do Oeste integra os hospitais das Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche e detém uma área de influência constituída, a par destes três concelhos, pelas populações de Óbidos, Bombarral, Cadaval e Lourinhã e de parte dos municípios de Alcobaça (freguesias de Alfeizerão, Benedita e São Martinho do Porto) e de Mafra (com exceção das freguesias de Malveira, Milharado, Santo Estêvão das Galés e Venda do Pinheiro).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.