O centro inaugurado hoje pelo presidente da Câmara será o sétimo a funcionar na cidade e está localizado no edifício dos Serviços Sociais da CML, nas Olaias.

Com quatro linhas de vacinação, a capacidade de vacinação é de 190 pessoas por dia, “mas o ritmo irá sendo adequado ao crescimento dos grupos etários e às necessidades de expansão do processo de vacinação”, salientou.

Segundo Medina, até hoje foram vacinadas nas unidades existentes na cidade cerca de oito mil pessoas.

créditos: MÁRIO CRUZ/LUSA

​​​​​​​Para facilitar o acesso dos mais idosos à vacinação, a CML está a disponibilizar um serviço de táxi gratuito, que funciona através de chamada telefónica.

O centro aberto hoje é uma organização conjunta ministério da Saúde, através dos Centros de Saúde, Câmara Municipal e Juntas de Freguesia.

Durante esta cerimónia de inauguração, Fernando Medina recusou-se a comentar a candidatura de Carlos Moedas pelo PSD à Câmara de Lisboa, destacando que o seu foco agora é o plano de vacinação na cidade.

“Estamos ainda muito longe das eleições autárquicas. Cada um escolhe, naturalmente, o momento das suas declarações. Eu não vou fazer nenhum comentário. Limito-me a fazer aquilo que é o meu programa como presidente da Câmara de Lisboa, que é concretizar o plano de vacinação na cidade”, disse.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.