Em comunicado hoje enviado à agência Lusa, o município de Reguengos de Monsaraz, no distrito de Évora, diz ter optado pela "implementação de melhores condições de segurança e de conforto para os banhistas na praia fluvial”, em detrimento da abertura das piscinas, e garante que “vão ser cumpridas todas as regras de segurança definidas pelo Ministério do Ambiente e pela Direção-Geral da Saúde”.

Entre as medidas adotadas para melhorar as condições e a segurança dos banhistas na praia está a criação de uma zona de isolamento, a não instalação da habitual piscina flutuante e a não autorização do parqueamento de viaturas fora dos 500 lugares delimitados para o efeito.

A Câmara de Reguengos de Monsaraz, concelho de que faz parte a vila medieval de Monsaraz, vai ainda colocar uma camada de areia mais fina em toda a praia, além de estar a “analisar a criação de novas zonas de sombreamento e de guarda-sóis”.

Um sistema de ‘semáforos’ vai também ser implementado na praia fluvial, através de bandeiras verdes, amarelas e vermelhas”, que vão indicar aos banhistas a taxa de ocupação do espaço.

Monsaraz é uma das 38 praias fluviais que recebem este ano a Bandeira Azul, distinção que conseguiu desde a sua abertura, em 2017, sendo também classificada como Praia Acessível para pessoas com mobilidade reduzida e como Praia Saudável por cumprir as normas exigidas de segurança e qualidade do ambiente.

Ao longo dos 150 metros de extensão do seu areal, a praia fluvial de Monsaraz dispõe de um posto de vigilância para nadadores salvadores, posto médico com desfibrilhador automático externo, duches públicos, cadeiras anfíbias e rampas de acesso à água para utilizadores com mobilidade reduzida.

Portugal contabiliza 1.369 mortos associados à covid-19 em 31.596 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia divulgado hoje.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.